Publicado em: 28/11/2016 13h31 - Atualizado em 28/11/2016 19h52

Confiar a Deus os nossos problemas

Quando estamos preocupados demais com um problema e não conseguimos soltá-lo da nossa mente, é muito difícil encontrarmos a solução, mesmo que a Sabedoria de Deus esteja fluindo para nos auxiliar, isto porque a "mente que não solta os problemas" obstrui a passagem por onde a Sabedoria de Deus deve chegar até a camada consciente da nossa mente.
Existem casos como o daquele homem que, premido pela necessidade de mudar de moradia, orou fervorosamente para que Deus o ajudasse a encontrar uma nova casa, mas, por mais que procurasse, não conseguiu encontrar nenhuma para alugar. Um dia, dando um descanso de algumas horas à sua "mente que não soltava os problemas", resolveu fazer um piquenique com a família. E lá ia indo ele, com a mente tranquila pela primeira vez em várias semanas, quando, de repente, avistou uma casa com a placa "aluga-se". Era exatamente o tipo de casa que ele estava procurando, de modo que o seu problema foi resolvido facilmente.
Conta-se que o grande inventor Thomas Edison, ao se ver diante de algum problema de difícil solução, costumava deitar-se durante 15 a 20 minutos para relaxar o corpo e afastar totalmente de seus pensamentos o problema que o afligia. Enquanto ele ficava assim, com a serena atitude mental de "deixar que o problema tome seu próprio rumo", novas e boas ideias começavam a surgir.
Quando libertamos nossa mente e a nada nos agarramos, a Sabedoria de Deus flui abundantemente.
Extraído do livro 365 itens para alcançar o ideal Masaharu Taniguchi. Informações com Sr. Ismael Artoni (19) 3875-3006. Participe do Domingo da Seicho-No-Ie, o modo feliz de viver em harmonia com a natureza!

Veja Também: