Publicado em: 01/12/2016 13h11 - Atualizado em 08/12/2016 09h50

Venda de automóveis: pioneirismo contemporâneo

Em junho de 2001, um grupo de empreendedores do ramo de revenda de automóveis concretizava a compra da concessionária Fiat. Nascia o Grupo Balilla, formado pelos sócios Antônio Geraldo Lorenzetti, José Leandro Lorenzetti; João Waine Fernandes e Luís Carlos Queiroz, todos comerciantes experientes no município.
"Nós tínhamos lojas de seminovos em Indaiatuba, e em outubro de 1986, montamos a primeira loja, na esquina das ruas Bernardino de Campos com a Nove de Julho", comenta Luís Carlos, atual diretor administrativo da Balilla. "Ao todo, tivemos quatro lojas, inclusive, um comércio em São Paulo", completa.
Contudo, nos anos 1990, cansados das constantes viagens à Capital, os quatro sócios resolveram comprar um imóvel aqui na cidade. "Começamos a procurar e não acreditávamos que iríamos conseguir um espaço, quando surgiu o prédio da Avenida Presidente Vargas e fechamos negócio", rememora.
"Tivemos uma felicidade muito grande na aquisição da Fiat, já que éramos um grupo do município que estava comprando uma marca em ascensão. Aquele também foi o primeiro ano de liderança da montadora no Brasil. Além disso, Indaiatuba não tinha tradição em feirões de automóveis, e já no primeiro mês instalados aqui, realizamos o primeiro feirão, e foi um sucesso", destaca Luís.
Ele revela que a equipe trouxe o modelo de feiras de carros de São Paulo, e foi pioneira, inclusive, na região. "Servimos de espelho para pessoas de outras cidades, que vinham aqui para ver como funcionava nosso modelo. Em um final de semana, nós vendemos 70 veículos, sendo 30 seminovos e os outros zero quilômetro - um recorde", avalia. "Tem outra coisa: a Fiat não trabalhava com seminovos e nós trouxemos esta força, o que alavancou ainda mais as vendas."
O empresário diz também que Indaiatuba é referência em revenda de automóveis. "Acredito que seja por causa da renda per capita, que favorece a aprovação de fichas; o índice de desemprego aqui foi menor, e a ausência de fichas fraudulentas - isso tudo faz a diferença. Embora o setor automobilístico tenha sido bastante atingido pela crise, aqui o impacto foi menor, graças à administração da cidade, que contribuiu fortalecendo os empresários. É uma sequência de trabalho: uma boa estrutura atrai empresas e pessoas, e isso Indaiatuba oferece", conclui.
Associação
Em abril de 1970, os comerciantes ganharam uma agremiação. A Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Indaiatuba (Aciai) surgiu com o objetivo de atender tanto aos empresários do varejo quanto aos consumidores.
Sob a atual gestão do economista Jair Sigrist, a Aciai oferece alguns serviços, como consultas ao SPC/Serasa para Pessoa Física; relatório Certocred, que possibilita aos lojistas consultarem o histórico de inadimplência de consumidores; e o Serviço de Recuperação de Crédito (SRC), mediando acordos entre devedores e credores.
A concessionária Balilla foi pioneira na implantação do feirão de automóveis na cidade, logo no início dos anos 2000 A concessionária Balilla foi pioneira na implantação do feirão de automóveis na cidade, logo no início dos anos 2000 (Crédito: Fotos: Divulgação)
Venda de veículos multimarcas foi outra iniciativa grupo Venda de veículos multimarcas foi outra iniciativa grupo (Crédito: Divulgação)

Veja Também:

Mais lidas
Filmes em cartaz
  • A ÚLTIMA RESSACA DO ANO
  • FALLEN
  • O VENDEDOR DE SONHOS
  • MASHA E O URSO
  • TAMO JUNTO
  • ANJOS DA NOITE: GUERRAS DE SANGUE
  • JACK REACHER - SEM RETORNO
  • ELIS
  • A CHEGADA
  • ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM
  • GALINHA PINTADINHA MINI NA TELONA
  • DOUTOR ESTRANHO
  • TROLLS
  • SNOWDEN - HERÓI OU TRAIDOR