Publicado em: 09/02/2017 11h40 - Atualizado em 10/02/2017 21h08

Âncoras x Pipas

Marcelo Veras
O tema não é novo e já tratei dele aqui antes, mas não me canso de bater em algumas teclas várias vezes, principalmente quando o tema é dos mais nobres. Pois bem, hoje estava aqui refletindo e comemorando uma conquista recente na minha empresa. Sem entrar em detalhes, trata-se de um projeto importante e que foi muito difícil de concretizar. E hoje, ao vê-lo nascer, o maior sentimento que me veio foi de gratidão a tantas pessoas que ajudaram, umas mais, outras menos, a colocar cada tijolo nessa parede. Na hora, me veio a sensação de que quando a gente se cerca das pessoas certas e que comungam dos mesmos valores, as coisas acontecem de forma natural e muito bonita. Quando conseguimos criar um ecossistema onde pessoas do bem se unem, parece que "um mais um viram cinco, e não dois". Pode parecer meio louco (o que talvez eu seja mesmo), mas a cada dia que passa vejo e acredito mais nessa máxima da vida e da carreira. O mundo segue, para mim, sendo uma grande relação de causa e efeito.
Quando fazemos o bem, geralmente, colhemos o bem. Quando ajudamos, somos ajudados. Quando fazemos os outros crescerem, crescemos juntos. Quando cuidamos, cuidam da gente. Quando dividimos, multiplicamos. Essa visão virou quase a minha religião. Entro hoje em toda e qualquer parceria com uma visão inicial de me doar. O resto é consequência.
Também nesse contexto, além dos ditados das nossas avós ou mães, quando nos cobram e aconselham a tomarmos cuidado com quem andamos (quem já não ouviu o ditado "Diga-me com quem andas que direi quem tu és"?), a neurociência comprova e nos ensina que existe uma coisa chamada "neurônios-espelho", que nos fazem contaminar e sermos contaminados por gestos, ações, posturas e crenças de pessoas que nos cercam.
Estou convicto e adoro a frase "Você é a média das cinco pessoas com as quais mais convive". Como sempre digo, é quase matemática. Não recomendo, mas se quiser, faça você mesmo o teste. Passe um mês convivendo somente com gente pessimista e veja no que vai dar. Passe um mês convivendo apenas com pessoas otimistas, batalhadoras e determinadas e também veja o que vai acontecer com você. Garanto, aliás todos os estudos sérios garantem, que você vai sentir na pele (para o bem ou para o mal) o poder que as pessoas têm de influenciar umas às outras.
Portanto, hoje deixo aqui mais uma provocação e mais um convite para você. A provocação se resume em uma pergunta: Você está cercado de pessoas que são âncoras e te puxam pra baixo ou de pessoas que são pipas e te fazem voar? Deixe toda e qualquer emoção de lado e faça essa avaliação. Você está cercado das pessoas certas? Está se dedicando às pessoas certas? Está se doando para as pessoas certas? Se não estiver, sempre é hora de mudar e de se livrar de âncoras que grudam nas nossas costas e só nos jogam para o fundo do poço.
E o convite é óbvio. Escolha as pessoas certas, que possuem aquilo que você acredita e confia, e se doe a elas. Faça de tudo para fazê-las crescer. Ajude incondicionalmente. Crie oportunidades para elas. Divida com elas. Cuide delas. O retorno virá em dobro, no tempo correto e na hora correta. Um abraço e até o próximo!

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS
  • LEGO BATMAN: O FILME
  • O CHAMADO 3
  • ESTRELAS ALÉM DO TEMPO
  • ATÉ O ÚLTIMO HOMEM
  • TOC - TRANSTORNADA, OBSESSIVA, COMPULSIVA
  • RESIDENT EVIL 6: CAPÍTULO FINAL
  • QUATRO VIDAS DE UM CACHORRO
  • A BAILARINA
  • BELEZA OCULTA
  • LA LA LAND - CANTANDO ESTAÇÕES
  • O APARTAMENTO
  • MOANA - UM MAR DE AVENTURAS
  • MINHA MÃE É UMA PEÇA 2