Publicado em: 16/02/2017 15h00 - Atualizado em 17/02/2017 20h19

Cegueira

Marcelo Veras
Nesta última semana, participei de um evento fantástico em Campinas. O Professor Yuri Trafane, parceiro de sala de aula e amigo há 15 anos, fez uma palestra fantástica sobre NeoMarketing, ou seja, o novo marketing. Nela, ele apontou, com riqueza de detalhes, as transformações pelas quais esta área fascinante está passando e vai passar na próxima década. Novas ferramentas de análise, novas formas de entender o cliente, novas formas de se comunicar, precificar e vender. Mostrou casos reais de empresas que "sumiram" neste início de século e outras que souberam entender este novo momento e se transformarem em fenômenos. Enfim, uma superaula sobre o futuro do marketing.
Como é da minha natureza, fico procurando gancho em tudo que possa ser útil na gestão de carreira. Um conceito que o Yuri apresentou caiu como uma luva na gestão da nossa carreira e no desenvolvimento de competências. Aliás, não podia ser diferente, até porque empresas são feitas de pessoas e pessoas erram e acertam.
Bom, qual foi o gancho? No início da palestra ele explicou um conceito fantástico chamando Change Blindness, que significa, em português, Cegueira à Mudança. É incrível a quantidade de estudos sobre o tema. Se quiser conhecer alguns, busque na internet e você verá que o tema é muito, muito estudado. Como o próprio termo diz, trata-se de uma deficiência humana de enxergar determinadas mudanças. A neurociência tem suas teses e busca explicar este fenômeno cientificamente, mas o fato é que muitas pessoas "veem mas não enxergam". Em um dos experimentos, que ele mostrou na palestra, todos ficamos pasmos com o estudo. Uma pessoa pede uma informação para alguém na rua e, enquanto recebe a explicação, troca-se de pessoa. Pois não é que, na maioria dos casos, quem está explicando nem sequer nota que houve essa mudança? Incrível, e ao mesmo tempo, chocante.
Na hora fiz um link com a nossa carreira. Como existem profissionais que sofrem desse mal. Nossa, caiu uma ficha na minha cabeça de forma muito forte. Como existem profissionais que estão vendo, mas não estão enxergando algumas mudanças radicais no cenário do trabalho, nas demandas das empresas e nas competências que ditarão o sucesso na próxima década. Fiquei tão tocado pelo tema que decidi escrever uma série completa (fazia tempo) sobre esse tipo de cegueira. Neste primeiro, quis apenas apresentar o fenômeno e lhe provocar para pensar no assunto. Nos próximos, vou tentar explorar o tema com situações reais e práticas de como essa cegueira pode limitar uma carreira ou, em último caso, destruir uma.
Enquanto isso, deixo um dever de casa para você. Busque mais informações, assista a alguns vídeos na internet e leia um pouco sobre "Change Blindness". E vá se aquecendo para os nossos futuros debates aqui. Até o próximo!
*Marcelo Veras é presidente da Inova Business School e especialista em Gestão de Carreiras

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • ALIADOS
  • JOHN WICK: UM NOVO DIA PARA MATAR
  • A CURA
  • CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS
  • MANCHESTER A BEIRA MAR
  • LEGO BATMAN: O FILME
  • O CHAMADO 3
  • ESTRELAS ALÉM DO TEMPO
  • QUATRO VIDAS DE UM CACHORRO
  • A BAILARINA
  • LA LA LAND - CANTANDO ESTAÇÕES
  • MINHA MÃE É UMA PEÇA 2
  • MOANA - UM MAR DE AVENTURAS
  • O APARTAMENTO
  • A QUALQUER CUSTO