Publicado em: 19/04/2017 14h27 - Atualizado em 20/04/2017 21h10

Entidades beneficentes fazem palestras no Objetivo

Divulgação Estudantes estão se preparando para dar início à Ginco
Conhecer as instituições que serão beneficiadas pela Gincana Interna do Colégio Objetivo Indaiatuba, a Ginco, é um dos objetivos das visitas que representantes de algumas entidades fizeram ao colégio durante essa semana.
A Ginco, que é promovida pelo Objetivo Indaiatuba a cada dois anos, é o evento do qual participam alunos, pais, professores e convidados, que além de conter provas recreativas, tem como objetivo principal a Tarefa Zero, que consiste na arrecadação de leite para doação a instituições beneficentes da cidade.
Para estimular o trabalho das equipes na arrecadação do leite, o colégio, através do Núcleo de Ações Sociais (NAS), promove encontros entre representantes e alunos, durante os quais há a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelas instituições. É quando os alunos tomam conhecimento do quão importante é o leite para as pessoas atendidas nas entidades. "Apresentar a instituição aos alunos é um estímulo porque é a oportunidade de ouvir quem vive uma realidade diferente e com esse contato os alunos podem trazer essas experiências para a vida pessoal, para as suas relações familiares. Então é muito rico! Nós fazemos questão de conhecer todos os dados e de chegarmos o mais perto possível das instituições, para selecioná-las e fazer com que o leite chegue onde precisa chegar", afirma Iara Longano, responsável pelo NAS.
Já estiveram no colégio os representantes da Associação Filantrópica e Assistencial São Francisco de Assis (Afasfa), da Voluntárias de Apoio no Combate ao Câncer (Volacc) e do Lar de Velhos e Espaço Dia Emmanuel. "Estamos passando por um momento de crise e com o que for doado, não precisaremos comprar leite durante alguns meses, porque a doação é grande e isso é muito significativo. O idoso gosta muito de tomar leite, então poderemos oferecer a eles mais vezes durante as refeições", comenta Débora Toloto, auxiliar administrativo do Lar de Velhos Emmanuel. "Nós podemos ainda preparar doces que eles gostam, que fazem lembrar a infância deles. Então, além da alimentação, isso mexe com o emocional dos idosos porque eles buscam tudo para lembrar como era no passado. Isso é uma alegria para eles!", acrescenta Jéssica Ferreira, que também é auxiliar administrativa do Lar.
Toda a comunidade pode participar e, em breve, os alunos, divididos em equipes, buscarão contribuições para cumprir a tarefa que, nesse ano, tem como meta alcançar a doação de 32 mil litros de leite.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VIDA
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • A CABANA
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • A BELA E A FERA
  • SILÊNCIO