Publicado em: 20/04/2017 17h02 - Atualizado em 20/04/2017 21h10

Vigilância amplia área para vacina contra febre amarela

Mariana Corrér
Arquivo RIC/PMI A partir de segunda, Oliveira Camargo, Indaiá e Campo Bonito recebem a imunização
A Secretaria de Saúde de Indaiatuba, após reunião de planejamento com o GVE 17 (Grupo de Vigilância Epidemiológica) do Estado de São Paulo, decidiu centralizar nas unidades de Saúde, a vacinação dos moradores da zona rural contra a febre amarela. Na avaliação das equipes técnicas, essa medida possibilita a ampliação da área de cobertura e proporciona mais agilidade no atendimento à população.
Com isso, o cinturão rural dos bairros Itaici, Jardim Aldrovandi, Jardim Brasil, Jardim Oliveira Camargo, Parque Residencial Indaiá e Campo Bonito receberão ação específica de vacinação no feriado de sexta-feira e na segunda-feira. O Departamento de Vigilância Epidemiológica já iniciou o envio de comunicados a essa população.
No feriado de Tiradentes na sexta-feira, das 8h às 17h, a UBS V (Unidade Básica de Saúde) de Itaici, a Igreja São José em Videiras, os PSFs (Programa Saúde da Família) do Jardim Aldrovandi e Jardim Brasil abrirão as portas para vacinar contra febre amarela os moradores da área rural dentro dos seus setores de cobertura. Na segunda-feira, dia 24, será a vez dos PSFs do Jardim Oliveira Camargo e Residencial Indaiá e UBS do Campo Bonito, que irão vacinar das 8h às 17h os moradores da área rural dentro do setor. Para essa ação, foram disponibilizadas pelo Estado 20 mil doses da vacina.
Para ser vacinado é preciso levar o comprovante de endereço, a carteirinha de vacinação e um documento com foto. As unidades, com exceção da Igreja São José, continuam com a vacinação para as pessoas que não puderem comparecer na data programada.
De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Rita de Cássia Jiampaulo Ferraz Vaz, a medida foi tomada para acelerar o processo de imunização contra a febre amarela. "O nosso trabalho de porta em porta não teve um aproveitamento satisfatório, pois muitas casas estavam fechadas, por se tratar de área com residências de veraneio. Então nós reformulamos o plano de ação para atender mais rápido a população de risco e assim já conseguimos incluir às áreas rurais de Itaici, Parque Residencial Indaiá, Campo Bonito, Jardim Oliveira Camargo e Jardim Brasil. É importante destacar que não temos a circulação do vírus em Indaiatuba, seja em macacos ou humanos. Em nosso planejamento toda a população que não tem nenhuma dose e pode receber a imunização, será vacinada. Conforme o atendimento da área rural for acabando, vamos chegar na zona urbana", explica Rita.
A vacina não será administrada em pessoas que já receberam uma dose no passado, gestantes, crianças menores de nove meses e mulheres amamentando até os seis meses do bebê. A vacinação nos idosos será mediante uma avaliação das condições de saúde. Esses que não podem receber a dose devem seguir as orientações com o uso de repelentes e evitar as zonas de mata.
Para os viajantes, continua com o atendimento no Hospital Dia, localizado na Avenida Visconde de Indaiatuba, 199, Vila Vitória, e a UBS XVII, que fica na Rua José de Campos, 709, Jardim Morada do Sol. Nesses locais, a população pode pedir informações de agendamento pelos telefones (19) 3825-6430, do Hospital Dia, e (19) 3935-3338, da UBS XVII. O agendamento é feito no local e a pessoa deve preencher um questionário.
(Mariana Correr)

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VIDA
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • A CABANA
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • A BELA E A FERA
  • SILÊNCIO