Publicado em: 20/04/2017 10h16 - Atualizado em 25/04/2017 13h20

Juneka participa de competição de street no Rio

Maior disputa da América Latina será o primeiro campeonato do atleta após se profissionalizar

Anieli Barboni
Jr Lemos Skatista vai em busca de um lugar entre os dez melhores
O skatista Antonio Carlos Herrerias Margossian Junior, o Juneka, participa na próxima semana do seu primeiro campeonato já profissionalizado. O atleta se profissionalizou no início desde ano e vai disputar o Campeonato Oi STU Open, que é a maior competição mundial de street skate da América Latina. A disputa acontece entre os dias 25 e 30 de abril e reunirá 224 competidores nas categorias open masculino e open feminino, que disputarão uma premiação de R$ 4 mil. As disputas de street skate acontecerão na Praça do Ó, na Barra da Tijuca.
Juneka conta que essa é uma competição inédita no Brasil e vale vaga no Mundial. "Este é um campeonato muito importante, com a maior premiação da América Latina. Recebi um convite para participar por ter me profissionalizado, e é um campeonato importante, vale a pena ir. Inclusive, para eu conseguir participar, a Associação dos Skatistas de Indaiatuba (Askin) comprou minha passagem e vou antes, para treinar em um espaço novo e produzir o vídeo sobre a viagem", conta.
Juneka explica que ele vai entrar para a disputa já na terceira fase. "Vai ter uma eliminatória antes, que é para os skatistas amadores. Os que avançarem vão disputar com os profissionais. Serão cinco fases e estas eliminatórias acontecem nas primeiras fases, então já estou classificado para a terceira fase por ser profissional", afirma. "A expectativa é ficar entre os dez primeiros colocados, mas tudo pode acontecer. A própria pista combina com o meu skate, é bem street, mas skate não é algo que você vai pensando que tem que ganhar, vamos mais para participar. Estarão nesta competição os cinco melhores atletas do Street League, que é mundial, mas nada impede de eles errarem e eu acertar e acabar ganhando".
A competição é homologada pela International Skateboarding Federation (ISF), World Cup Skateboarding (WCS), pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e pela Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj), e é válida como etapa do Circuito Mundial da WCS e para o ranking brasileiro de street skate profissional. Esta é uma oportunidade para o atleta mostrar seu talento e pensar em voos mais altos, já que o skate entrou para a Olimpíada de 2020. "O skate vem crescendo e com a internet a modalidade evoluiu. A Olimpíada é mais um detalhe, é importante e será muito legal, mas vai movimentar uma pequena parte do skate, que abrange um mundo grande, tanto de competição como quem anda porque gosta, porque quer seguir a carreira, quanto até os simpatizantes que nem andam, mas vão lá curtir. O que vai ser legal com a Olimpíada é o mercado do skate, isso vai ajudar bastante com as vendas de produtos ligados ao esporte e podem surgir novos patrocínios. Também acredito que vai mudar a visibilidade na rua, porque o skate sempre sofreu com o preconceito de algumas pessoas", enfatiza.
Até hoje, o atleta já participou de importantes campeonatos, como o Excelent Mistyc Cup 2015, que foi seu primeiro campeonato fora do Brasil, onde chegou até a fase final e conseguiu a 12ª posição, e no 3º Campeonato da Cidade Tietê, seu primeiro título de campeão como amador, além do primeiro lugar no Maia Champ 15 Anos, em São Paulo.

Atleta desenvolve projeto de vídeo no Rio de Janeiro para produtora independente

Guilherme Puff Antonio vai aproveitar viagem para gravar filme sobre a viagem e skate na cidade
O atleta foi para o Rio de Janeiro no dia 18 de abril e irá aproveitar a viagem para gravar os momentos de sua estadia na cidade e divulgar na produtora audiovisual independente Naturalmente Skateboards. "Eu criei um projeto para fazer um vídeo da viagem e conseguir patrocínio. Nós temos a produtora que é independente, onde criamos um quadro que se chama Naturalmente Viagem. Fazemos vídeos de viagens e pensei em encaixar este quadro com minha ida ao Rio. Vamos fazer o lançamento deste quadro no canal e divulgar nele os nossos patrocinadores".
Juneka conta que a produtora iniciou com o propósito de fazer filmes sobre o mundo do skate. "Depois, começamos a filmar festas e tivemos a ideia de ser um canal onde lançaríamos as marcas e os comércios". Para a viagem ao Rio de Janeiro, o atleta conta com o apoio da Associação dos Skatistas de Indaiatuba (Askin), Margossian Sementes, Iben Engenharia, Manaem Obras Sociais e Portão da Cerveja. Além desses, apoiam o atleta a Hordem Skateboard, Vegetal Skateboard, Metallum Trucks, Naturalmente Skateboards, Amanda Finocchio, Terapias Manuais e Restaurante Kare & Gyudon.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VIDA
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • A CABANA
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • A BELA E A FERA
  • SILÊNCIO