Publicado em: 24/04/2017 16h21 - Atualizado em 24/04/2017 19h04

Falta de senso do ser humano

Se em alguns momentos a humanidade parece ter esperanças de evoluir, em outros o ser humano comprova o porquê do mundo ter chegado a tal nível.
A destruição do meio ambiente está desenfreada, mesmo com tanta lei de proteção, tantos meios de conscientização, educação ecológica desde a primeira infância e tanta informação sobre as consequências desses atos. O problema é que a fiscalização ainda é pouca e os interesses pessoais e, principalmente, financeiros ainda falam mais alto do que o respeito pelo planeta Terra e o bem-estar do próximo - e das próximas gerações, que terão condições terríveis para sobreviver.
Algumas atitudes que parecem bobas, divertidas, inconsequentes e/ou práticas podem acabar em um possível desastre ambiental. E foi quase isso que aconteceu em Indaiatuba.
Alguém ou algum grupo, o que ainda está sendo apurado, criou e pendurou um espantalho em uma árvore na área de mata conhecida como ninhal da garças, no Parque Ecológico, em frente ao Paço Municipal.
A ideia foi espantar as garças. As garças que ali vivem. Aquele é o espaço delas, onde dormem, se protegem, se procriam e não atrapalham ninguém.
O espantalho apareceu no final de semana e logo na sequência, como esperado, as garças sumiram. Além do mal-estar das próprias garças, isso pode acarretar um desequilíbrio no ecossistema da região, já que elas são parte integrante dele.
O espantalho já foi retirado, a área foi limpa e agora se espera que as aves possam voltar "para casa". Enquanto isso, fica a esperança de que os responsáveis por isso coloquem a mão na consciência e percebam o absurdo que fizeram para um espaço tão apreciado por todos os frequentadores do parque.

Veja Também:

Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VIDA
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • A CABANA
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • A BELA E A FERA
  • SILÊNCIO