Publicado em: 20/04/2017 18h18 - Atualizado em 20/04/2017 21h10

Dupla é presa em flagrante por tráfico de drogas na Vila Brizola

Manoel de Miranda
Na manhã de terça-feira, dia 18, um casal de 35 e 25 anos, acusados de ser traficantes, foi tirado de circulação pela Polícia Militar. Ambos faziam a venda de entorpecentes na Rua Professora Maria Cecilia Ifanger, no bairro Vila Brizola. Diante das provas e materialidade do delito, com a chegada do laudo oficial do Instituto de Campinas, confirmando ser positivo para cocaína, o delegado do 1º Distrito Policial, Danilo Amancio Leme, procedeu a lavratura do flagrante contra o casal por tráfico de entorpecentes, onde após os trâmites legais e audiência de custódia no Poder Judiciário, o homem foi escoltado à Cadeia do Segundo DP de Campinas e a mulher à Cadeia Feminina.
Dentre as drogas apreendidas pela Polícia Militar, estão 393 de papelotes de cocaína, num total de 702 gramas e mais uma porção de substância em pedra a granel de crack, além de 723 pinos vazios, prontos para serem embalados os produtos para a posterior revenda.
Desfecho
Tudo começou logo às 8h30 da manhã de terça-feira, quando a polícia fazia o patrulhamento ostensivo e recebeu a comunicação via rádio, com base em uma denúncia anônima, de que várias pessoas estariam fazendo o uso de drogas na Rua Professora Maria Cecilia Ifanger, local também onde a droga era comercializada sem nenhuma restrição.
Deslocando-se ao local indicado na denúncia, os policiais se depararam com um rapaz sentado na calçada, defronte o endereço informado na denúncia, em que o portão estava aberto. Ao ser revistado, surgiu do interior da casa uma mulher, vindo da porta da cozinha e ao dar de cara com os policiais, retornou para o interior do imóvel, chamando ainda mais a atenção dos policiais militares. Chamada para sair da casa, ela foi identificada e procedida à revista no casal e nada de ilícito foi encontrado na posse deles. Questionados se havia drogas na casa, de início o rapaz afirmou que ambos eram usuários e, posteriormente, o rapaz confessou que haviam drogas escondidas em um carrinho de lanche, que estava no quintal da casa e também mais drogas dentro de uma mochila no interior do imóvel residencial.
Diante de tal confissão, ambos foram detidos. Deslocando-se até o carrinho de lanche, localizaram dentro de um saco de lixo preto, uma porção de crack a granel e dentro da casa, junto ao chão da cozinha, estava uma mochila na cor preta e cinza e em seu interior um liquidificador e o copo com vestígios de cocaína, além de 393 pinos de cocaína e uma porção avulsa, como também 723 pinos vazios, uma colher com vestígios de drogas, balança de precisão e dois frascos com líquido incolor.
Depois da localização das drogas, o rapaz confessou ser o proprietário, mas que a sua parceira não tinha o conhecimento, pois estava na casa de favor desde a noite passada, data em que chegou toda a remessa do entorpecente, sem o conhecimento da jovem de 25 anos. Tais explicações não convenceram os policiais militares que deram voz de prisão e ambos foram levados a Delegacia Central e o delegado Danilo Amancio Leme manteve a voz de prisão em flagrante contra o casal por tráfico de entorpecentes. Durante o interrogatório, a mulher manisfestou o desejo de permanecer calada.
(Manoel de Miranda)

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VIDA
  • VELOZES E FURIOSOS 8
  • A CABANA
  • OS SMURFS E A VILA PERDIDA
  • O PODEROSO CHEFINHO
  • A BELA E A FERA
  • SILÊNCIO