Publicado em: 12/06/2017 14h18 - Atualizado em 12/06/2017 20h17

Como se livrar dos defeitos

Não podemos nos livrar dos nossos defeitos, se neles pensarmos constantemente. Naturalmente, é necessário tomarmos conhecimento de nossos próprios defeitos, através de uma honesta autoanálise. Porém, uma vez descobertos os defeitos, devemos mentalizar fortemente as qualidades que sejam opostas àqueles defeitos. Por exemplo: se analisarmo-
nos honestamente e descobrirmos que somos "preguiçosos", não devemos ficar pensando, repetidas vezes: "sou preguiçoso..." Assim, nunca poderemos nos livrar desse mau hábito chamado "preguiça". Se quisermos realmente deixar de ser "preguiçosos", devemos passar a mentalizar constantemente: "Eu sou esforçado, eu sou esforçado..." A ideia é a "força motriz" que torna possível a realização de todas as coisas. Assim, quando a ideia de que "somos esforçados" se infiltra profundamente em nosso subconsciente, ela passa a agir no sentido de fazer com que nós nos tornemos esforçados.
Se uma fagulha caísse num recipiente contendo óleo e provocasse um incêndio, ninguém cometeria a estupidez de tentar apagar o fogo jogando-lhe mais óleo. Todos sabem que o fogo só pode ser apagado jogando nele algum outro elemento que neutralize os seus efeitos. O mesmo acontece com as nossas "ideias". Se estamos sofrendo os efeitos de uma "ideia negativa", devemos nos livrar dela fazendo nascer em nossa mente uma "ideia oposta", ou seja, uma "ideia positiva" .
Extraído do livro
O Livro dos Jovens,
de Masaharu Taniguchi.
Informações com Sr. Ismael Artoni (19) 3875-3006
Participe do Domingo
da Seicho-No-Ie, o
modo feliz de viver em
harmonia com a natureza!

Veja Também:

Mais lidas
Filmes em cartaz
  • A MÚMIA
  •  MULHER MARAVILHA
  • AMOR.COM
  • PIRATAS DO CARIBE: A VINGANÇA DE SALAZAR
  • TUDO E TODAS AS COISAS (PRE-ESTREIAS)
  • O CIDADÃO ILUSTRE