Publicado em: 11/08/2017 12h38 - Atualizado em 14/08/2017 09h34

Competidoras falam da prova final da ANTT

Decisão da disputa de Três Tambores é na noite de hoje na arena da Faici, em Indaiatuba

Anieli Barboni
Acontece na noite de hoje a grande final do Campeonato Nacional de Três Tambores, promovido pela Associação Nacional dos Três Tambores (ANTT). A disputa será na arena da Faici e 25 atletas estarão divididas em três categorias, sendo Gold Race, Silver Race e Mirim. A premiação passa dos R$ 100 mil e a campeã da categoria principal recebe automóvel zero km.
A reportagem conversou com as duas atletas que está com chances de receber o título de campeã nacional e levar o carro para casa, são elas a líder do campeonato Ana Carolina Cardozo e a tetracampeã, Fatiana Ferreira, que venceu nos últimos três anos consecutivos, além do título de 2009. Além delas, a goiana Viviane Gratão está na vice-liderança e também pode faturar a premiação.
Ana Carolina é a favorita e busca seu primeiro título nacional pela ANTT. Durante o treino, a competidora falou à Tribuna de suas expectativas. "Não podemos perder a fé em Deus e acreditar que tudo vai dar certo. O campeonato foi muito bom, fiz boas corridas, ganhei algumas etapas e sempre estive no "bolo" (1º a 10º lugar), apenas em uma etapa da temporada que não classifiquei porque na semifinal meu cavalo escorregou, mas no geral eu fui tive um bom aproveitamento", diz. "A final carrega muita adrenalina. Em uma etapa normal acontecem eliminatórias, semifinal e final, e muita coisa pode acontecer em três corridas. Já na final é uma passada valendo para uma etapa, então o grau de dificuldade é muito maior", explica.
Ana Carolina é de Araraquara e seu dia a dia nos rodeios é acompanhado pela família. Sua filha, Maria Eduarda, também compete e está na final da categoria Mirim. "Eu acho que minha filha competindo é um grande privilégio. Se Deus quiser vai seguir meus passos, que desde criança eu monto, cresci com cavalos, sempre foi minha paixão e foi muito bom para minha educação e evolução pessoal, o cavalo é muito mágico".
A tetracampeão Fatiana Ferreira, de Guaíra, SãoPaulo, ressalta que espera o melhor de uma final. "Além disso, sempre esperamos que o animal possa trabalhar da melhor maneira possível e que eu possa dar o meu melhor e que o nosso conjunto trabalhe bem para obter bons resultados", ressalta. "Eu chego em 3º lugar para uma disputa de 400 pontos. Não tem nada perdido, e tem muita coisa pra acontecer nessa final. Esse título está sendo disputado pelas dez que estão na final. São as dez melhores até aqui e em uma final tudo pode acontecer. Então eu não penso somente em quem está em 1º lugar, penso num todo", acrescenta.
Fatiana reforça que toda final é carregada de muita adrenalina e tensão. "Acredito que a dificuldade maior para todas as competidoras é lutar contra isso. Não se deixar abater, não se deixar abalar e estar preparada psicologicamente para a final faz diferença. Acredito que a pista vai nos dar condições boas para mostrar nosso trabalho".
Antidoping
A 14ª edição do campeonato brasileiro contou com oito etapas, que aconteceram nas principais arenas dos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás, além de mais quatro etapas bônus, realizadas em parceria com outras importantes provas. Mais uma vez a ANTT fará exames antidoping para certificar a seriedade da competição. "Já é o 9º ano que a ANTT faz exame antidoping durante o campeonato. Neste ano vamos fazer da campeão e vice na categoria Gold e Silver, e serão realizados três sorteios em cada categoria. Nos três tambores não temos este tipo de problemas, mas fazemos este exame na ideia de fazer um trabalho de bem estar animal e preservá-lo. Este exame é realizados depois da competição por uma equipe de veterinários em parceria da ANTT com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Além disso, depois que o cavalo faz a prova ele passa pro uma equipe de fiscalização e se tiver qualquer tipo de maus-tratos e marcas, a competidora é desclassificada. Em 14 anos da ANTT isso nunca aconteceu, mas fazemos como forma de prevenção", explica a vice-presidente da ANTT, Flávia Cajé.
Fatiana irá brigar pelo seu quarto título seguido na disputa de Três Tambores Fatiana irá brigar pelo seu quarto título seguido na disputa de Três Tambores (Crédito: Marchetti Fotografia)
Ana e sua filha Maria Eduarda estão na final da ANTT juntas Ana e sua filha Maria Eduarda estão na final da ANTT juntas (Crédito: Werner Munchow)
Ana Carolina diz que adrenalina aumenta e espera pista em boas condições nesta final Ana Carolina diz que adrenalina aumenta e espera pista em boas condições nesta final (Crédito: Werner Munchow)
Ana Carolina treinou em Indaiatuba antes da prova Ana Carolina treinou em Indaiatuba antes da prova (Crédito: Werner Munchow)

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • VALERIAN E A CIDADE DOS MIL PLANETAS
  • MALASARTES E O DUELO COM A MORTE
  • O REINO GELADO - FOGO E GELO
  • PLANETA DOS MACACOS: A GUERRA
  • O FILME DA MINHA VIDA
  • DUNKIRK
  • EM RITMO DE FUGA
  • TRANSFORMERS: O ÚLTIMO CAVALEIRO
  • CARROS 3
  • D.P.A - DETETIVES DO PRÉDIO AZUL
  • HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR
  • MEU MALVADO FAVORITO 3