Publicado em: 09/10/2017 12h10 - Atualizado em 11/10/2017 10h55

Itens de vestuário conquistam as crianças

Peças com os personagens que nunca saem de moda estão entre os favoritos da garotada

Adriana Brumer Lourencini
Paralelo ao universo dos jogos e brinquedos, a indústria da moda também tem investido no público infantil, já que muitas crianças curtem a onda fashion. Muitas marcas trazem novidades alegres e lúdicas para presentear os pequenos.
Os destaques ficam por conta dos calçados com proposta divertida ao look, como os modelos de led e de cachorrinho, ou os de rodinhas. "Há ainda as tiaras com led, que caíram no gosto da garotada", afirma Rivânia da Silva, gerente da Etiqueta Kids. "As peças com estampas de unicórnios também fazem muito sucesso", completa. Sobre os itens com personagens, Rivânia comenta que Branca de Neve e Mickey nunca saem de moda. "A cada momento surge um diferente, e agora recebemos peças com o Urso e o Led Bug, que atraem as crianças", observa.
"O conceito de presentes mudou bastante, principalmente para a faixa etária a partir dos oito anos. O movimento cresceu muito este ano; inclusive, ouvimos muito dos clientes que os filhos já possuem vários brinquedos; já as roupas, estão sempre precisando", relata.
No último sábado, a loja preparou uma festa. "Recebemos as crianças com uma mesa cheia de guloseimas e esculturas de bexigas", conta Rivânia. A gerente lembra da campanha Alegria Estampada no Peito, por meio da qual os participantes fizeram um desenho com o significado de felicidade para eles. "Todos os desenhos foram estampados em camisetas que foram entregues no sábado", conclui.
Preços
Os preços dos itens são variados, e promoções lançadas pelas lojas podem ser uma boa saída se a grana estiver curta. A rede Seller acaba de lançar uma campanha inspirada em personagens dos desenhos animados. Com peças que atendem aos tamanhos de zero a 16 anos de idade, a rede oferece blusas com preços a partir de R$ 19,99. Na compra de três peças, a de menor valor sai de graça. A promoção segue até o dia 12 de outubro.
Entre os brinquedos, há jogos como o Cara a Cara, por R$ 89,99 e Cilada, por R$ 29,99. Os presentes incluem massinhas para modelar, forminhas e conjuntos com potes coloridos. Os fãs de super-
heróis contam com a série de bonecos da Marvel, como Capitão América, Homem Aranha, Homem de Ferro (R$ 69,99) e Liga da Justiça (R$ 59,99), além de carrinhos de diversos tamanhos e preços, como da Hot Wheels (R$ 6,99) e modelos com controle remoto (R$ 44,99). Para os bebês, os carrinhos Mipuxa (R$ 59,99) estão disponíveis nas cores rosa e azul. Há também caminhões didáticos por R$ 49,99.
xxx xxx (Crédito: Werner Münchow)
Conceito de presentes mudou bastante, especialmente para faixa etária a partir de 8 anos Conceito de presentes mudou bastante, especialmente para faixa etária a partir de 8 anos (Crédito: Werner Münchow)

Pais devem lidar com os personagens fantásticos que povoam a primeira infância

Divulgação Especialistas garantem que a fantasia é essencial e saudável para o desenvolvimento infantil
A primeira infância (dos zero aos seis anos) é o momento em que os pequenos estão descobrindo o mundo e criando suas relações. Nesta fase, a criatividade vai longe e os personagens fantásticos tomam conta de boa parte do dia a dia das famílias, como por exemplo, Chapeuzinho Vermelho, princesas e super-heróis.
Para a professora de pedagogia, Cristina Colasanto, a fantasia é saudável para o desenvolvimento infantil. "A criança utiliza o jogo de faz de conta para expressar suas emoções, representar a sua realidade e vivenciar situações observadas pelas ações do adulto", ressalta.
Já a psicóloga Emilce Nalini complementa que a fantasia também auxilia no desenvolvimento neurológico e na transmissão de valores sociais, como bondade, igualdade, compartilhamento etc.
Neste contexto, os educadores podem explorar as atividades que envolvam contos e recontos, além da representação das crianças no papel dos personagens. Em relação aos personagens de caráter mais negativo como bruxas, monstros e o Lobo Mau, os professores também podem contribuir com o desenvolvimento dos pequenos.
Emilce afirma que é uma forma da criança aprender a diferenciar entre o que é bom e o que é ruim, mas alguns personagens são incluídos erroneamente para amedrontar a criança. "O adulto deve evitar o medo nas crianças como forma de controle de comportamento: o limite deve ser feito com o estabelecimento de regras, normas e conversas com as crianças", completa.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • PICA-PAU
  • BLADE RUNNER 2049
  • CHOCANTE
  • MY LITTLE PONY: O FILME
  • KINGSMAN: O CÍRCULO DOURADO
  • LEGO NINJAGO - O FILME
  • DUAS DE MIM
  • CINECLUBE - OS MENINOS QUE ENGANAVAM NAZISTAS
  • MÃE!
  • DIVÓRCIO
  • IT - A COISA
  • LINO - UMA AVENTURA DE SETE VIDAS