Publicado em: 13/11/2017 16h05 - Atualizado em 13/11/2017 17h07

1ª Igreja Presbiteriana local celebra 40 anos

Evento contou com participação da Corporação Musical Villa-Lobos e autoridades

Fernando Stein
A Primeira Igreja Presbiteriana de Indaiatuba (1ª IPI) realizou, no dia 11 de novembro, um culto de gratidão a Deus por seus 40 anos de existência, no Espaço Esplanada, em comemoração aos seus 40 anos de existência. Cerca de 600 pessoas ali estiveram reunidas, com a participação especial de um grande coral composto por coristas de igrejas locais e de cidades vizinhas que integram o Presbitério de Indaiatuba, bem como da Corporação Musical Villa-Lobos, que deu um colorido musical todo especial aos diversos hinos entoados pelo coral e pelos presentes.
Falou, na ocasião, destacando os cinco pontos fundamentais da Reforma Protestante, ocorrida há cinco séculos (só a Escritura, só a graça, só a fé, só Cristo, glória só a Deus), o historiador da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), Reverendo Alderi Souza de Matos, que disse estar encantado com a cidade de Indaiatuba, que visitava pela primeira vez.
Representantes de 25 denominações religiosas se fizeram presentes ao evento, que agradou especialmente pela atuação do coral e da Corporação Musical Villa Lobos, além das autoridades do município. Na ocasião, foi lançado um livro comemorativo sobre a história da implantaçãodo presbiterianismo em Indaiatuba, da organização da Primeira Igreja Presbiteriana de Indaiatuba e das duas Igrejas Presbiterianas implantadas pela 1ª IPI em Indaiatuba, todas vinculadas à IPB.
Um exemplar do livro foi entregue ao prefeito de Indaiatuba, Nilson Alcides Gaspar, ao presidente da Câmara Municipal, Hélio Ribeiro, e a outras autoridades eclesiásticas presentes.
História
O presbiterianismo nasceu em Indaiatuba em 20 de agosto de 1911, quando o missionário americano, Rev. James Porter Smith, dirigiu o primeiro culto na cidade, iniciando um ponto de pregação na cidade e outro no Bairro Mato Dentro.
Em 4 de outubro de 1912, a irmã Isabel Sauer doou um grande terreno na Rua Bernardino de Campos, onde foi construído um pequeno templo, sob nº 644, e ali passaram a se reunir os primeiros presbiterianos de Indaiatuba.
Em 1º de maio de 1932 é organizada a Igreja Presbiteriana de Indaiatuba que, ao longo das décadas, reformou o templo antigo, construiu um salão social e, posteriormente, demoliu tudo, aos poucos, para erguer construções maiores destinadas a atender às necessidades dos seus membros.
Entretanto, em 1977 a igreja decidiu subtrair-se à jurisdição da Igreja Presbiteriana do Brasil para fundar uma nova denominação: Igreja Presbiteriana Unida de Indaiatuba, de linha liberal. Cerca de 40 membros, desejosos de se manter fiéis à IPB, saíram e montaram uma congregação que se reunia em salão alugado na Rua Pedro Gonçalves e no dia 31 de outubro de 1977 se organizaram em igreja, passando, com o tempo, a se reunir no imóvel adquirido na Rua Tuiuti, nº 253, no Centro, onde foi construído um templo com mezanino, e salas de escola dominical no pavimento térreo.
 
Corporação Musical Villa-Lobos deu um colorido musical todo especial aos diversos hinos entoados durante o culto Corporação Musical Villa-Lobos deu um colorido musical todo especial aos diversos hinos entoados durante o culto (Crédito: Samara Novaes)
Cerca de 600 pessoas marcaram presença no Espaço Esplanada para culto de gratidão a Deus pelos 40 anos da 1ª IPI Cerca de 600 pessoas marcaram presença no Espaço Esplanada para culto de gratidão a Deus pelos 40 anos da 1ª IPI (Crédito: Samara Novaes)
Autoridades ganharam livro sobre história da implantação do presbiterianismo na cidade Autoridades ganharam livro sobre história da implantação do presbiterianismo na cidade (Crédito: Samara Novaes)
IPB foi inaugurada na Rua Tuiuti após 40 membros decidirem por nova congregação IPB foi inaugurada na Rua Tuiuti após 40 membros decidirem por nova congregação (Crédito: Werner Münchow)

Crescimento da igreja resultou em templo de pregação no Jardim Morada do Sol

O número de membros foi crescendo ano a ano, e o espírito evangelístico da igreja levou-a, em 1984, a iniciar um ponto de pregação no Jardim Morada do Sol, que passou a ser congregação a partir de 13 de abril de 1996. A 1ª IPI construiu um templo para a congregação, na Rua Guarin João Badin, nº 642, naquele mesmo bairro.
Assim, em 1º e 2 de fevereiro de 2003 é organizada a Igreja Presbiteriana do Jardim Morada do Sol, que hoje é dirigida pelo Rev. Rubens Ferreira Januário, contando com 184 membros. Em 13 de março de 2005, a 1ª IPI abriu o ponto de pregação do Jardim Alice e logo em seguida construiu um novo templo para os fiéis. Em 31 de agosto de 2014 organizou ali a Igreja Presbiteriana Betel de Indaiatuba, que atualmente é dirigida pelo Rev. Júlio César de Pinho Junior, e conta com 125 membros.
Em 21 de agosto de 2016, a 1ª IPI abriu o ponto de pregação do Jardim União, em salão alugado, que vem funcionando regularmente, onde já dispõe de um terreno para a futura construção de um novo templo presbiteriano. O ponto de pregação está sob a direção do Rev. Ricardo Machado Manha, que é pastor auxiliar da 1ª IPI.
Seminários
A 1ª IPI é dirigida pelo Rev. Paulo Gerson Uliano desde 2005, e conta com a colaboração do Rev. Ataídes Antonio da Costa desde 1999 (atualmente com 89 anos de idade) e do seminarista Luiz Gonzaga Lacerda Junior. Hoje a 1ª IPI conta com 329 membros.
A 1ª IPI enviou aos seminários aqueles membros que seriam os novos pastores da IPB: o Rev. José Carlos Bertoni, o Rev. Thiago Henrique da Silva Convento, o Rev. Geraldo Mescoloto e o Rev. Gilmar de Lima.
A 1ª Igreja Presbiteriana de Indaiatuba tinha muitos motivos para celebrar os seus 40 anos de história, diante do seu crescimento, pois nesse espaço de tempo os 40 membros que originaram a igreja, em 31 de outubro de 2017, se multiplicaram, indo além de 630 membros.
O pastor titular da igreja pontua que esse crescimento é resultado da fidelidade da Igreja às Escrituras Sagradas, e de obediência ao mandamento de Jesus aos seus discípulos: "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santos (Mateus, 2819)".

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • GOSTO SE DISCUTE
  • DEPOIS DAQUELA MONTANHA
  • A NOIVA
  • A MENINA ÍNDIGO
  • THOR: RAGNAROK
  • TEMPESTADE: PLANETA EM FÚRIA
  • BIG PAI, BIG FILHO
  • PICA-PAU
  • HISTORIETAS ASSOMBRADAS: O FILME
  • CINECLUBE - UMA MULHER FANTÁSTICA
  • COMO NOSSOS PAIS
  • O FILME DA MINHA VIDA
  • POLÍCIA FEDERAL: A LEI É PARA TODOS
  • MALASARTES E O DUELO COM A MORTE
  • DUAS DE MIM
  • BINGO: O REI DAS MANHÃS
  • DIVINAS DIVAS
  • DOIDAS E SANTAS
  • UM TIO QUASE PERFEITO
  • DIVÓRCIO
  • CHOCANTE
  • DETETIVES DO PRÉDIO AZUL (D.P.A.) - O FILME
  • A COMÉDIA DIVINA
  • COMO SE TORNAR O PIOR ALUNO DA ESCOLA