Publicado em: 01/12/2017 09h17 - Atualizado em 01/12/2017 17h14

Alunas da Fiec fazem curso em instituto culinário na Itália

Fundação também fechou parceria para intercâmbio inédito

Da Redação
Divulgação Alunas e professora do curso técnico da fundação com certificados após uma semana de aulas de alta gastronomia
Vencedoras do projeto educacional "Masterchef", Ciza de Sousa Santos, Raquel Victorelli Freitas e Andressa Gomes dos Santos Casarin, alunas da Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura), participaram do curso temático de Cozinha Italiana, ocorrido de 13 a 17 de novembro, no Italian Culinary Institute for Foreigners (ICIF), na cidade de Castigliole D'Asti, Itália. A professora Janaína Madruga Moraes Ferreira e a chefe do Departamento de Eventos, Gesiane Cristina Zanella, também participaram.
João Martini Neto, superintendente da Fiec, acompanhou o grupo e fechou uma parceria entre ICIF e fundação, para que os alunos do instituto possam vir ao Brasil cursar Culinária Brasileira na Fiec. As alunas cursaram, de segunda a sexta-feira, em horário integral, aulas de alta gastronomia com prática em pratos quentes.
Cisa de Sousa Santos,40 anos, casada, mãe de cinco filhos, trabalha na feira vendendo acarajé e é subchefe de um novo restaurante na cidade. Disse que vencer o projeto educacional e receber como prêmio um curso no exterior foi uma sensação única. "É como se eu estivesse presa e abrisse a porta da gaiola", brinca. "Estudar o que amo e conseguir ganhar o curso internacional foi algo surpreendente em minha vida. Deus fez muito além do que eu podia imaginar", afirma. "A Fiec me proporcionou a vontade de crescer que a cada dia brota dentro de mim".
Andressa Gomes dos Santos Casarin, 33 anos, casada, é formada em Turismo. "Foi a primeira vez que fui para a Europa. Estava no berço da gastronomia e foi deslumbrante. Tínhamos que fazer três pratos de manhã e três a tarde. Ficávamos 10 horas em pé, bem puxado mesmo", explica. "Mas o curso de técnico em Cozinha da Fiec fechou com chave de ouro e agora quero retornar ao mercado de trabalho para depois abrir o meu próprio negócio".
Esforço
Raquel Victorelli Freitas, 17 anos, conseguiu a vaga através do Mediotec, e ressalta: sempre quis fazer Gastronomia. Conta que foi a primeira a fazer a matrícula no curso e para tanto, contou com a ajuda da mãe, que é cuidadora de idosos, e do pai, que é marceneiro, para se revezarem com ela na fila de inscrição. "O lugar mais longe que eu havia ido era para Aparecida do Norte", comemora. "A Fiec me levou para a Europa e não tenho palavras para agradecer".
A professora Janaína Madruga Moraes Ferreira é nutricionista, com Mestrado e Doutorado na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas); deu aulas na faculdade de Mogi Guaçu e há quase dois anos se mudou para Indaiatuba. Prestou o concurso para professora na Fiec e iniciou o curso técnico em Cozinha, lidando com alunos de 16 a 60 anos, com conhecimentos bem diferentes. "Quando soube que fui eleita pelos alunos como a melhor professora do curso entrei em choque. Em seguida, o João Neto disse que eu iria para a Itália junto com as alunas cursar alta gastronomia. Foi incrível".
Com a presença de Piero Sassone, presidente da ICIF, e do superintendente da Fiec, foi assinada a parceria que consiste no intercâmbio de alunos do instituto italiano que queiram vir ao Brasil para estudar a Culinária Brasileira na Fiec.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • JOGOS MORTAIS: JIGSAW
  • ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE
  • EXTRAORDINÁRIO (PRÉ-ESTREIAS SÁBADO E DOMINGO)
  • A ESTRELA DE BELÉM
  • PAI EM DOSE DUPLA 2
  • LIGA DA JUSTIÇA
  • THOR: RAGNAROK
  • CINECLUBE - LOGAN LUCKY: ROUBO EM FAMÍLIA
  • A MENINA ÍNDIGO
  • BIG PAI, BIG FILHO