Publicado em: 11/12/2017 13h19 - Atualizado em 11/12/2017 19h28

Bolas de pelo

Quem tem um gato em casa sabe que eles são limpinhos e não têm cheiro. Mesmo que o banho de gato seja com a língua. Eles fazem contorcionismo para lamber seus pelos ao longo do corpo. Esse hábito da lambedura tem uma finalidade importante, mas também possui efeitos colaterais que são as bolas de pelo em gatos.
Elas são comuns em gatos. Com as sessões de limpeza do corpo, alguns pelos ficam presos na língua, são engolidos e como o organismo não é capaz de digerir, eles precisam ser expelidos de alguma forma - o mais comum é que seja pelo vômito, mas também pode acontecer por meio das fezes. Quando essa situação se dá e o felino não apresenta nenhum outro sintoma, como alteração do apetite, significa que está tudo normal.
"O problema é quando o animal não consegue eliminar as bolas de pelo e elas acabam se acumulando no sistema digestivo. Com o tempo esse acúmulo pode desencadear uma obstrução intestinal, que em alguns caso só pode ser resolvida com uma intervenção cirúrgica", explica o médico veterinário Marcelo Machado.
Segundo Machado, esse quadro é mais frequente em animais de pelo médio e longo, mas nenhum gato está livre - por isso, o melhor que se tem a fazer é tomar todos os cuidados necessários para evitar a formação dessa bolas.
Um dos principais protagonistas no combate às bolas de pelo é a alimentação do gato. "Dê preferência a rações fabricadas com proteína de fontes nobres, que proporcionem melhor aproveitamento dos nutrientes e sejam enriquecidas com compostos que atuem na eliminação das bolas de pelo", pontua o médico veterinário.
A linha de petiscos CatLicious Snacks Hairball é um delicioso lanchinho para seu amigo e ainda conta com óleo mineral - um aliado na eliminação dos pelos acumulados no aparelho digestivo do gato. O produto conta com uma textura especial para conquistar o paladar do felino: crocância por fora e um recheio macio cheio de sabor por dentro.
Esse petisco para gato pode ser dado como um agrado, sendo fundamental respeitar a quantidade ideal, que é de dez a 20 partículas diárias. "Outro cuidado que não pode faltar é a escovação do gato, que ajudará a retirar os pelos mortos e isso reduzirá a quantidade ingerida pelo animal durantes das sessões de lambedura", finaliza o médico veterinário.

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • EXTRAORDINÁRIO
  • OS PARÇAS
  • JOGOS MORTAIS: JIGSAW
  • ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE
  • A ESTRELA DE BELÉM
  • PAI EM DOSE DUPLA 2
  • LIGA DA JUSTIÇA
  • THOR: RAGNAROK
  • FONTE DA JUVENTUDE (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • TEUS OLHOS MEUS (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)