Publicado em: 07/12/2017 12h11 - Atualizado em 08/12/2017 14h29

Projeto muda a alimentação das crianças

Programa criado pela Nutriplus, em parceria com a Educação, foi implantado nas creches

Da Redação
Alimentação saudável deve incluir frutas em qualquer faixa etária. Entretanto, nem sempre é fácil atrair as crianças, muitas delas preferindo doces como sobremesa. É justamente na infância que as frutas precisam estar presentes na alimentação para que os pequenos obtenham delas todas as vitaminas necessárias ao organismo em crescimento. O incentivo pode vir de várias maneiras, com a criatividade apelando para o sabor, forma e consistência de cada fruta. Além do exemplo da família, em casa, as crianças devem ser incentivadas a ter alimentação saudável também na escola.
Pensando nisso, foi criado o programa A Menina que Não Gostava de Frutas, um projeto de Educação Alimentar e Nutricional da Nutriplus Alimentação, desenvolvido especialmente para a educação infantil. A apresentação do projeto, em parceria com a Secretaria de Educação de Indaiatuba, impactou cerca de 3.500 crianças matriculadas nas creches da cidade.
Utilizando recursos teatrais como fantoche, muita música ao vivo e diversos elementos cênicos, Nádia Barbuglio, contadora de história e educadora, narra como a Aninha, personagem da história, aprendeu a gostar de frutas quando soube da importância delas para crescer mais inteligente e saudável.
Interação
Diretoras e coordenadoras relataram que as crianças interagiram com a contadora e a personagem e ficaram muito atentas a todas as falas entre as duas. Já os bebês foram encantados pela musicalidade da narrativa que estabelece uma interação com o que está acontecendo logo à frente deles.
Segundo elas, a atividade contribuiu com o projeto de alimentação saudável que está sendo desenvolvido com os alunos. Para a nutricionista Cláudia Valdemarin, responsável técnica do Departamento de Merenda Escolar da Prefeitura de Indaiatuba, "o teatro apresentado foi muito importante na medida em que teve por objetivo incentivar o hábito da alimentação saudável por meio do consumo de frutas".
Este ano, o projeto A Menina que Não Gostava de Frutas impactou mais de 18 mil crianças das 110 creches das cidades de Itu, Indaiatuba, Salto, Hortolândia e Pinhalzinho.
Crianças pequenas interagiram com personagens e bebês se encantaram com musicalidade Crianças pequenas interagiram com personagens e bebês se encantaram com musicalidade (Crédito: Fotos: Divulgação)
O programa A Menina que Não Gostava de Frutas é destinado a alunos do fundamental O programa A Menina que Não Gostava de Frutas é destinado a alunos do fundamental (Crédito: hohohoho)

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • EXTRAORDINÁRIO
  • OS PARÇAS
  • JOGOS MORTAIS: JIGSAW
  • ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE
  • A ESTRELA DE BELÉM
  • PAI EM DOSE DUPLA 2
  • LIGA DA JUSTIÇA
  • THOR: RAGNAROK
  • NUNCA ME SONHARAM (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • DOIS FILHOS DE FRANCISCO (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • DEPOIS DA CHUVA (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • FONTE DA JUVENTUDE (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)
  • TEUS OLHOS MEUS (MOSTRA BRAZILIAN FILM SERIES)