Publicado em: 21/03/2018 17h01 - Atualizado em 23/03/2018 15h08

Aulas gratuitas

Paulo Antolini é psicólogo, psicoterapeuta, practitioner de programação neurolinguística, administrador e consultor de empresas. Fones: (19) 3834-8149 / (19) 99159-2480 Email: paulo.salvio@terra.com.br

Viver para alguns é uma constante aprendizagem. Por incrível que possa parecer, poucos têm essa visão. A grande maioria vive seu dia-a-dia em um processo repetitivo e muitas vezes, até monótono.
Pois é, temos aulas gratuitas a todo momento, porém sem muito aproveitamento. Cada decisão, cada ato, cada palavra dita é uma oportunidade de ser refletida em seu emprego e nos resultados causados.
Em meu tempo de escola havia o que chamávamos de repetência. Repetir era ficar no mesmo ano e refazê-lo, até aprender. Hoje, tempos modernos vemos pessoas em estágio adiantado dos estudos e que continuam a ser analfabetos funcionais, ou seja, pessoas que saber ler a palavra, porém sem saber interpretar o que ela diz.
Na vida observamos pessoas repetindo anos e anos o mesmo comportamento e sem entender as lições que ela está transmitindo. Tudo por falta apenas de aguçar a capacidade de raciocínio e reflexão sobre o vivido.
Lembro-me quando criança em minhas aulas de catecismo dadas no catolicismo, que minha professora insistia em que fizéssemos todas as noites, em nossas preces, o exame de consciência: analise do que fizemos de bom ou de ruim durante nosso dia. Foram meus primeiros momentos terapêuticos.
"Ele não aprende nunca!". Já escutaram essa frase? Ela é muito comum e na maior parte das vezes é falada ou escutada sem a percepção da profundidade do dito. Continuam a repetir os mesmos comportamentos, os mesmos erros de sempre. As atitudes são recorrentes, as pessoas ao redor percebem, mas quem assim age não.
Cada momento vivido é uma aula. Dela retiramos ensinamentos e aprendemos, nos aprimoramos, melhoramos nossa forma de ser e quando isso ocorre fazemos jus à segunda palavra do titulo: "gratuitas". Porque quando não aprendemos com as lições vividas pagamos um preço e muitas vezes alto que são os resultados obtidos.
Observem se em suas vidas estão acontecendo recorrências, situações que se repetem e que não são as desejáveis. Se sim, parem e se perguntem "o que a vida está tentando me ensinar?". Sem serem críticos com vocês mesmos. O julgamento só bloqueia a capacidade de ver as situações como realmente elas são. Quem vive a se julgar vive também buscando responsabilidades fora de si para justificarem os feitos.
"A vida é uma escola.", outra frase comum, e verdadeira! Que não sejamos merecedores da frase "ele aprendeu tarde" ou mesmo o famoso "até que enfim!".
Que nos tornemos sempre seres abertos ao aprendizado. Nossas notas serão a qualidade de nossos resultados e de nossos estados interiores.

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • PEDRO COELHO
  • CÍRCULO DE FOGO: A REVOLTA
  • CINECLUBE - EM PEDAÇOS
  • TOMB RAIDER: A ORIGEM
  • MARIA MADALENA
  • OS FAROFEIROS
  • PANTERA NEGRA
  • FALA SÉRIO, MÃE!