Publicado em: 06/03/2018 15h07 - Atualizado em 09/03/2018 15h57

Torna-se rico aquele que trabalha sem pensar no corpo físico nem no dinheiro

Muitos são os que pensam logo ao acordar: "quero isso, quero dinheiro, quero fazer aquilo", porque acreditam que este corpo físico é o Eu verdadeiro, mas o Eu verdadeiro é a mente. Pensam: "tudo depende do dinheiro. Nada se faz sem dinheiro. Preciso ter dinheiro nem que engane os outros, ameace-os ou ludibrie-os" e mais tarde, acabam se tomando notícia lamentável dos jornais.
Tudo que enxergamos com os olhos são coisas do mundo temporário, que nos servem apenas quando está manifestada a imagem temporária chamada corpo carnal. Na hora em que a Mente deixar este corpo e ir para outro mundo, não poderá levar dinheiro nem nada que tenha forma.
O corpo verdadeiro do homem é a Mente e, portanto, tudo que a Mente não pode levar são meras exis
tências temporárias. No
mundo das formas não exis-
te nada tão valioso que se
tenha de conquistar arris-
cando a vida. Que impor-
ta o dinheiro? Basta que a Vida trabalhe agora. Não
digo com isso que se deva ficar pobre. A pessoa
que trabalha com essa dis-
posição, torna-se natural-
mente rica.
Há uma poesia que diz: "Viver agora a preciosa Vida de Deus, é ser rico".
Quando compreender-
mos que o corpo físico é recipiente, a carcaça da Mente, sendo a Mente a nossa verdadeira Vida, conseguiremos trabalhar sem parcimônia com o corpo físico. Se trabalharmos com afinco, sem ficar pensando só em dinheiro, seremos respeitados, e nossos bens aumentarão bastante, sem que os busquemos.
Extraído do livro
A Verdade, Volume 1 de Masaharu Taniguchi
Informações com
Sr. Ismael Artoni
(19) 3875-3006
Participe do Domingo
da Seicho-No-Ie, o
modo feliz de viver em
harmonia com a natureza!

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • OS FAROFEIROS
  • O PASSAGEIRO
  • CINECLUBE - O INSULTO
  • PANTERA NEGRA
  • CINQUENTA TONS DE LIBERDADE
  • OPERAÇÃO RED SPARROW
  • A MALDIÇÃO DA CASA WINCHESTER
  • A FORMA DA ÁGUA
  • TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME
  • DUDA E OS GNOMOS
  • VIVA: A VIDA É UMA FESTA
  • O TOURO FERDINANDO
  • FALA SÉRIO, MÃE!