Publicado em: 28/03/2018 14h03 - Atualizado em 29/03/2018 19h54

Recuo e precipitação

Ao que consta, o prefeito municipal decidiu rever a decisão relacionada à ampliação do horário da Zona Azul a partir do dia 2 de maio. Conforme noticiado pela Tribuna, de-
creto estabelecia que o novo horário seria das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira, sendo mantido o horário das 9h às 12h aos sábados e domingos.
É de se questionar se a estrutura da empresa TecPark seria suficiente para atender a contento a fiscalização das mais de 900 vagas de Zona Azul existentes na cidade. Outrossim, a necessidade da medida é questionada principalmente por comerciantes, que temem por prejuízos ainda maiores dos que têm arcado, em razão do rescaldo de uma persistente crise econômica.
Em nota divulgada na semana passada, a Prefeitura falava em "projeto de modernização", que seguiu orientação da Secretaria de Obras e Vias Públicas e processo administrativo relativo ao assunto.
Antes de qualquer medida como a divulgada, informações sobre o detalhamento desse plano seriam muito mais adequadas, a fim de se conhecer a fundo o que pretende a administração municipal. Nesse sentido, o decreto sobre a ampliação do horário se mostrou precipitado, acarretando inevitável repercussão negativa.
O estacionamento rotativo público pode ser encontrado em várias cidades, entre as quais grandes capitais. Além da preocupação com a problemática do trânsito, observa-se empenho dos gestores em viabilizar a implantação de avanços no quesito tecnológico, com a adoção de sistemas digitais, por meio de aplicativos, que facilitam a adesão e acesso do usuário.
Ressalte-se que, se bem operacionalizada, a Zona Azul ajuda a racionalizar o uso do sistema viário em áreas adensadas e a organizar e disciplinar o espaço urbano de forma a aumentar a oferta de vagas. Resta saber se, no caso de Indaiatuba, esses objetivos serão efetivamente alcançados, ou se o sistema de estacionamento rotativo será meramente arrecadatório.

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • JOGADOR Nº1
  • UMA DOBRA NO TEMPO
  • NADA A PERDER
  • PEDRO COELHO
  • CÍRCULO DE FOGO: A REVOLTA
  • TOP CLÁSSICOS - A BELA DA TARDE
  • CINECLUBE - EM PEDAÇOS
  • MARIA MADALENA
  • OS FAROFEIROS
  • PANTERA NEGRA