Publicado em: 23/03/2018 10h41 - Atualizado em 23/03/2018 17h41

Discussão de casal termina em morte

Relatos apontam uma terceira pessoa envolvida em crime no Morada do Sol

Adriana Brumer Lourencini
Werner Münchow Vista do local onde ocorreu o homicídio: pai biológico do adolescente é considerado principal suspeito nas investigações
Uma discussão entre um casal terminou em morte na noite domingo (18), no Jardim Morada do Sol. A Guarda Civil atendeu a ocorrência e, ao chegar ao local, encontrou um homem caído no meio-fio, sobre uma poça de sangue.
Segundo apurado, eram por volta das 19h30 quando o rapaz de 23 anos discutia com a companheira, de 41, e teria tentado agredi-la. O filho dela, um adolescente de 13 anos, interferiu e foi atingido por um soco no rosto, dado pelo padrasto, e perdeu os sentidos.
Conforme a equipe da Guarda, vizinhos correram para defender a mulher e o garoto, tendo, inclusive, realizado procedimentos para que o adolescente recobrasse a consciência. Nesse ínterim, o pai biológico do menino surgiu e iniciou uma discussão com o rapaz. Há relatos de populares de que havia um terceiro sujeito envolvido na briga. Ele trajava bermuda jeans e camiseta branca e teria arranjado um pedaço de caibro, com o qual atingiu a vítima nas pernas. Com a pancada, o rapaz caiu e bateu coma cabeça no meio-fio, ficando desacordado.
Foi nessa situação que ele foi encontrado pelos guardas civis, em decúbito dorsal e sangrando pelos ouvidos e nariz. A perícia foi chamada e o rapaz chegou a ser conduzido com vida até a UPA-24h, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 20h30.
O autor das pauladas ainda não foi identificado. A companheira confirmou a presença de um desconhecido, de camiseta branca, e afirmou ter sido ele a dar os golpes com o caibro na vítima. De qualquer modo, o pai do adolescente está sendo investigado, e sobre ele pesam as suspeitas da agressão.
Segundo a Polícia Civil, como as pauladas foram direcionadas nas pernas da vítima, não houve intenção de matar. Porém, a ação fez com que o rapaz caísse, o que o levou à morte. Dessa forma, a ocorrência foi registrada como lesão corporal seguida de morte (artigo 129 do Código Penal).
Até o momento, ninguém foi preso. O corpo da vítima foi trasladado para sua cidade natal, Riacho de Santana, na Bahia, onde aconteceu o sepultamento.

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • PEDRO COELHO
  • CÍRCULO DE FOGO: A REVOLTA
  • CINECLUBE - EM PEDAÇOS
  • TOMB RAIDER: A ORIGEM
  • MARIA MADALENA
  • OS FAROFEIROS
  • PANTERA NEGRA
  • FALA SÉRIO, MÃE!