Publicado em: 09/05/2018 15h08 - Atualizado em 11/05/2018 16h13

Matança de animais para a Copa

A Rússia quer tornar inesquecível o Mundial de futebol e, para que não haja qualquer motivo de queixa dos turistas (?!), mandou abater cães e gatos vadios. Uma "purga animal" que, segundo os ativistas, tem feito milhares de vítimas.
A prática já tinha sido levada a cabo em Sochi, quando acolheu os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. Agora, com o Copa do Mundo de Futebol à porta, as autoridades russas procuram limpar as ruas de animais vadios.
Numa entrevista recente, o ministro do Desporto, Pavel Kolobkov, defendeu ser necessário "minimizar os riscos ecológicos" associados à existência de milhares de animais nas ruas das 11 cidades que vão acolher a fase final do Mundial. Só que o governante prometeu que tal seria feito "com humanidade" e, de acordo com as denúncias publicadas pelo Moscou Times e publicadas nas redes por ativistas, não é bem isso que está acontecendo. Brigadas de funcionários já foram apelidadas de "esquadrões da morte canina do KGB".

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • VINGADORES: GUERRA INFINITA
  • A NOITE DO JOGO
  • DESEJO DE MATAR
  • O RENASCIMENTO DO PARTO 2
  • ASSISTA MULHERES - BRANCO E PRATA
  • VERDADE OU DESAFIO
  • PAULO, APÓSTOLO DE CRISTO
  • TEU MUNDO NÃO CABE NOS MEUS OLHOS
  • CINECLUBE - BASEADO EM FATOS REAIS
  • PEDRO COELHO
  • OS FAROFEIROS