Publicado em: 08/05/2018 14h31 - Atualizado em 11/05/2018 16h13

Ter uma mente saudável

Paulo Antolini é psicólogo, psicoterapeuta, practitioner de programação neurolinguística, administrador e consultor de empresas. Fones: (19) 3834-8149 / (19) 99159-2480 Email: paulo.salvio@terra.com.br

Somos bombardeados constantemente sobre os cuidados com nossa saúde física. O quanto devemos agir com um plano de exercícios diários, alimentações equilibradas e higiene também perfeita.
Os exercícios fortalecem nossos músculos, a alimentação nos dá os nutrientes para um adequado metabolismo e gerando uma fisiologia (funcionamento dos sistemas e órgãos dos seres vivos) perfeita. A higiene impedindo as contaminações e consequentes infecções que delas podem surgir.
As escolas desde os primeiros anos incentivam atividades físicas. Incentivam também atividades intelectuais, o desenvolvimento de nossas capacidades de raciocínio. Porém não há nenhum plano de desenvolvimento de nossa capacidade de fortalecimento interior, ou seja, de nossa capacidade de nos interiorizarmos e com isso ampliarmos o autoconhecimento e autocontrole.
O "eu não consigo"; "eu não sou capaz"; "eu sou assim mesmo" são produtos de mentes deseducadas. A mente é deseducada quando a própria pessoa não consegue ter o domínio de seus pensamentos. Forma menos deselegante de dizer que a pessoa não é dona de si mesma. Não tem vontade própria.
Por estar vivendo fortes expectativas em relação a uma viagem, tenho acordado nas madrugadas, passando horas de olhos abertos. Na segunda noite em que isso ocorreu me propus a aproveitar o estar desperto para meditar. Vamos lembrar alguns significados da palavra: "Concentrar-se em longas e profundas reflexões; refletir. Submeter algo ao estudo do pensamento; ponderar. Fazer um plano cuidadoso de algo; projetar. Fazer meditação a fim de estabelecer uma relação com elementos divinos".
Portanto, meditar é muito mais simples do que se imagina. O silêncio da madrugada facilita o aquietamento mental. Refletir sobre as situações de minha vida se tornaram mais fáceis e intensas, possibilitando enorme bem estar.
Ao se pensar com profundidade sobre as coisas, identificamos causas e fatores que estão intrinsicamente relacionadas conosco mesmos, favorecendo assim o poder da transformação e equilíbrio.
Costuma-se fazer de quarenta a uma hora, muitas vezes diárias, de academia física. Que tal instituirmos ao menos vinte minutos de "academia mental" todos os dias. Eis uma receita simples e sem custos adicionais:
Escolha um local tranquilo e silencioso (se quiser ponha uma música suave e baixa).
Feche os olhos e respire fundo algumas vezes, prestando atenção em sua respiração.
Deixe seu pensamento solto e acompanhe-o, ou seja, reflita sem recriminações e com abertura, identificando suas emoções e vontades despertadas pelo assunto.
Quando sentir que é o suficiente para o momento, faça um resumo de seus pensamentos, respire fundo e abra os olhos.
Leve em consideração suas reflexões em sua forma de agir.
O importante é que tenha em mente que você é muito mais que seus pensamentos, sua consciência supera em muito o pensamento corrente, e é nesta consciência que se encontra as forças motrizes da vontade, disciplina e persistência.

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • VINGADORES: GUERRA INFINITA
  • A NOITE DO JOGO
  • DESEJO DE MATAR
  • O RENASCIMENTO DO PARTO 2
  • ASSISTA MULHERES - BRANCO E PRATA
  • VERDADE OU DESAFIO
  • PAULO, APÓSTOLO DE CRISTO
  • TEU MUNDO NÃO CABE NOS MEUS OLHOS
  • CINECLUBE - BASEADO EM FATOS REAIS
  • PEDRO COELHO
  • OS FAROFEIROS