Publicado em: 07/06/2018 11h00 - Atualizado em 11/06/2018 13h22

Vacinação contra a gripe é intensificada

Crianças e gestantes integram o foco da ação especial na cidade

Adriana Brumer Lourencini
Divulgação (Agência Brasil) Dose da vacina contra a gripe é aplicada: campanha também em locais de grande circulação e em horários alternativos
A campanha nacional de vacinação contra a gripe está sendo intensificada em Indaiatuba. A Prefeitura disponibilizou outros quatro locais (veja ao lado), além das unidades básicas de saúde (UBS) e do Programa Saúde da Família (PSF). A campanha vai até o dia 15 de junho. 
A ação é direcionada especialmente para as crianças e gestantes, público cuja cobertura vacinal está muito abaixo da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. Desde o início da campanha, em 23 de abril, até o dia 4 de junho, foram vacinadas 5.304 crianças (42%) e 1.275 gestantes (55%).
Até o final de maio, foram aplicadas 28.949 doses entre os grupos prioritários (crianças, idosos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde e professores). Outras 8.086 foram destinadas a doentes crônicos. Já entre as puérperas e os idosos, os números estão mais próximos do ideal, com 82% e 84% de imunizados, respectivamente.
Graziela Garcia, secretária da Saúde de Indaiatuba, espera melhorar os índices de vacinação contra a gripe no Município. "Resolvemos promover essa ação para levar a vacina em locais de grande circulação de pessoas e em horários alternativos", comenta.
Sem reações
A imunização oferece proteção contra os vírus influenza A/H1N1, influenza A/H2N3 e influenza B, causadores da chamada Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)", reforça. A vacina é direcionada a gestantes e mães até 45 dias após o parto, crianças a partir de 6 meses a menores de 5 anos de idade, adultos com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas, profissionais de saúde e professores de escolas públicas e privadas. "Trata-se de um meio altamente eficaz de prevenção de influenza e não causa reações após a aplicação, nem gripe nem resfriado", garante Rita de Cássia Jiampaulo Ferraz Vaz, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.

ONDE SE VACINAR

13 de junho (4ª feira) - Feira Livre Noturna (Parque Ecológico - Barco) - das 17h às 21h
15 de junho (6ª feira) - Feira Livre Noturna (Centro de Convenções) - das 17h às 21h
* A vacina está disponível também nas unidades de saúde (UBS/PSF).

Veja Também:

Comentar


Mais lidas
Filmes em cartaz
  • OITO MULHERES E UM SEGREDO
  • NO OLHO DO FURACÃO
  • OS ESTRANHOS: CAÇADA NOTURNA
  • CINECLUBE - ELLA E JOHN
  • NÃO SE ACEITAM DEVOLUÇÕES
  • GNOMEU E JULIETA: O MISTÉRIO DO JARDIM
  • EU SÓ POSSO IMAGINAR
  • PARAÍSO PERDIDO
  • HAN SOLO: UMA HISTÓRIA STAR WARS
  • DEADPOOL 2
  • VINGADORES: GUERRA INFINITA