Publicado em: 05/06/2018 12h18 - Atualizado em 08/06/2018 17h51

O "comigo não acontece"

Paulo Antolini é psicólogo, psicoterapeuta, practitioner de programação neurolinguística, administrador e consultor de empresas. Fones: (19) 3834-8149 / (19) 99159-2480 Email: paulo.salvio@terra.com.br

É muito comum ainda nos dias atuais encontrarmos pessoas que afirmam que com elas as coisas ruins não acontecem. Este artigo teve origem na informação do jovem de 18 anos que perdeu a vida em praia da Grande Recife atacado por um tubarão, local esse que tem vários avisos de tubarões. Pouco antes de ser atacado foi avisado para retornar para a parte rasa, o que ele não fez. Várias pessoas já perderam suas vidas nessa praia, a última fazia dois meses e pelo mesmo motivo: ataques de tubarões.
Muito comum acidentes no trânsito por irresponsabilidades e abusos. Entram aqui as multas que achavam nunca iriam levar, e atualmente as blitz, os famosos "bafômetros". Valores altíssimos a serem pagos por tamanha imaturidade. Mas esses valores são o de menos, pois são consequências que afetam apenas ao "bolso do cidadão". Consequências irreversíveis nos acidentes onde inocentes perdem a vida ou ficam com sequelas eternas.
O uso exagerado de álcool, de medicamentos e outras drogas, sempre afirmando que "eu sei usar", não terei problemas por conta disso. Alguns até dizem que os malefícios do exagero só acontecem com os "fracos". O tabagismo, tão apregoado como um dos principais causadores do câncer pulmonar, mas não só, pois cria inúmeras alterações na fisiologia e metabolismo humano, dificultando qualquer tipo de tratamento de outras doenças, pincipalmente se ocorrer cirurgias.
Essa postura existe até na prática da infidelidade, onde o infiel acredita que não está sendo visto e nunca ninguém saberá. Está presente também naqueles que se utilizam de meios escusos para tirar vantagem, forma delicada de falarmos dos corruptos, corruptores, estelionatários, todos revestidos da pele da honestidade e integridade moral e ética. São piores que os bandidos declarados, que o fazem abertamente, apenas fugindo de serem pegos.
Quem tem a política do "comigo nunca vai acontecer" está brincando de "roleta russa" com sua vida. Em uma das rodadas do tambor a bala estará lá para ser detonada. As consequências advêm de nossos atos. Sabemos de fato o que estamos fazendo?
Em 1,979 o jornalista e escritor Alberto Dines publicou uma obra cujo título é "E porquê não eu", onde contrariando a grande maioria, que normalmente se perguntam "e porquê eu?", abrindo um grande abismo entre o pensar e o viver, e ao mesmo tempo um vasto campo para a reflexão humana.
Sim, tudo pode acontecer conosco. Pode acontecer com qualquer ser humano. Ninguém tem o "corpo tão fechado" que nada o atinja.
Precisamos ter essa consciência: tudo pode acontecer e com qualquer pessoa!

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • OITO MULHERES E UM SEGREDO
  • NO OLHO DO FURACÃO
  • OS ESTRANHOS: CAÇADA NOTURNA
  • CINECLUBE - ELLA E JOHN
  • NÃO SE ACEITAM DEVOLUÇÕES
  • GNOMEU E JULIETA: O MISTÉRIO DO JARDIM
  • EU SÓ POSSO IMAGINAR
  • PARAÍSO PERDIDO
  • HAN SOLO: UMA HISTÓRIA STAR WARS
  • DEADPOOL 2
  • VINGADORES: GUERRA INFINITA