Publicado em: 12/07/2018 16h42 - Atualizado em 13/07/2018 17h52

Engravidou depois da laqueadura

Uma mulher de Minas Gerais entrou com uma ação contra uma médica que fez sua cirurgia alegando erro médico. A cirurgia em questão foi uma laqueadura na mulher, que já tinha quatro filhos. Ela se inscreveu no programa do SUS alegando não ter mais condições de engravidar. No entanto, sete meses depois da cirurgia, ela ficou grávida e teve gêmeos.
A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas negou o recurso da mulher, que pedia indenização por danos materiais e morais. O TJ negou, afirmando que a mulher tinha ciência da possibilidade de engravidar após o procedimento, uma vez que foi avisada que o método não tem 100% de eficácia e que sua cirurgia foi parcial. Ela perdeu a ação e ganhou mais dois filhos!
(fonte: site Migalhas)

Veja Também:

Mais lidas
Vídeos
Filmes em cartaz
  • HOTEL TRANSILVÂNIA 3: FÉRIAS MONSTRUOSAS
  • ARRANHA-CÉU: CORAGEM SEM LIMITE
  • HOMEM-FORMIGA E A VESPA
  • OS INCRÍVEIS 2
  • ASSISTA MULHERES - CHEGA DE FIU FIU
  • MULHERES ALTERADAS
  • CINECLUBE - A MORTE DE STALIN
  • JURASSIC WORLD: REINO AMEAÇADO