BRK Ambiental vence leilão de serviços de água em Maceió com oferta de outorga de R$2 bi

A BRK superou outras seis ofertas, incluindo de rivais como Aegea, que ofertou 1,21 bilhão de reais (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)
O grupo BRK Ambiental, que tem entre os investidores a canadense Brookfield, venceu nesta quarta-feira o leilão de serviços de distribuição de água e esgotamento sanitário da região metropolitana de Maceió, com oferta de outorga de cerca de 2 bilhões de reais ante valor mínimo da disputa de 15,1 milhões.
A BRK superou outras seis ofertas, incluindo de rivais como Aegea, que ofertou 1,21 bilhão de reais. O menor valor ofertado na disputa, do consórcio Paraíso das Águas, foi de 450 milhões de reais.
A empresa agora assume responsabilidade pela distribuição de água e pela coleta de esgoto de 1,5 milhão de habitantes em 13 cidades da grande Maceió.
Para isso, terá de investir um total de 2,6 bilhões de reais em infraestrutura de saneamento básico ao longo dos 35 anos de contrato, sendo 2 bilhões de reais deste total nos primeiros seis anos.
O leilão foi o primeiro realizado desde a aprovação do novo marco do saneamento básico neste ano, cuja sanção presidencial ocorreu em meados de julho.

A concessão tem como objetivo a universalização do serviço de água em seis anos e o acesso à rede de esgotamento para 90% da população até o décimo sexto ano de contrato, informou o BNDES, responsável pelos estudos que permitiram a realização do leilão.
Segundo o banco, atualmente 89% da população da região metropolitana de Maceió tem acesso à água, mas apenas 27% possui acesso a tratamento de esgoto.
A BRK deverá cumprir vários indicadores de desempenho de qualidade e eficiência, incluindo a redução do índice de perdas de água para no máximo 25% ante desperdício atual de 59%.
(Atualizada às 11h26)

 

Fonte: MoneyTimes