Vacina da Moderna contra Covid-19 apresenta boa resposta imune em idosos

A farmacêutica Moderna informou nessa terça-feira (29/9) que sua candidata à vacina contra o novo coronavírus apresentou boa resposta imune também em pessoas com mais de 56 anos e idosos, grupo considerado de risco para a Covid-19.De acordo com a publicação da revista News England Journal of Medicine, 40 pessoas participaram do estudo. Elas foram divididas em dois grupos: o primeiro, formado por pessoas com idade entre 56 e 70 anos e o outro com pacientes acima de 71 anos.Os pesquisadores observaram uma alta produção de anticorpos neutralizantes com a aplicação de duas doses da vacina.Mais sobre o assuntoMundoBanco Mundial anuncia plano para ajudar países mais pobres a comprar vacinaBanco pede a principais acionistas das nações ricas que apoiem um esquema que planeja desembolsar o dinheiro nos próximos 12 a 18 mesesSaúdeNovavax inicia fase 3 de testes de vacina contra Covid-19 com idososO estudo realizado no Reino Unido engloba 10 mil voluntários, sendo 25% deles com idade entre 65 anos e 84 anosSaúdeEntenda por que crianças podem ficar no fim da fila de vacinação para Covid-19Boa parte das candidatas à vacina contra o novo coronavírus sequer incluiu a faixa etária até 18 anos nos testes clínicos em andamentoSaúdeVacina Coronavac será testada em mais 4 centros de pesquisa do paísO estudo contará com mais 4 mil voluntários, totalizando 13 mil, em 16 centros de pesquisa coordenados pelo Instituto ButantanA Moderna informou que teve poucos registros de efeitos colaterais durante as fases 1 e 2 dos teses. Os mais comuns foram dor de cabeça, fadiga, mialgia, calafrios e dor no local da injeção. Também foram observadas febre e cansaço no grupo com mais de 71 anos.“Dados provisórios da fase 1 sugerem que a mRNA-1273, nossa vacina candidata à prevenção da Covid-19, pode gerar anticorpos em adultos mais velhos e idosos em níveis comparáveis a adultos mais jovens. Esses dados nos dão otimismo em demonstrar a proteção do mRNA-1273 nesta população”, disse Tal Zaks, diretor da empresa.abre-vacinas-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacina-01-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacina-02-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacina-03-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacina-04-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacinas-05-1Gui Prímola/Arte Metrópolescards-vacina-06-1Gui Prímola/Arte Metrópoles0(Com informações da Agência Estado)

Fonte: Metropoles