Nelsinho Piquet estreia no Sertões 2020 competindo com um UTV Can-Am

Nelsinho Piquet, piloto de grandes categorias do automobilismo mundial, vai disputar, pela primeira vez, uma competição de rali cross-country. E sua estreia será em grande estilo: no maior Rally das Américas, pilotando o UTV preferido dos pilotos, o Can-Am Maverick X3, veículo da marca campeã do Sertões nos últimos 7 anos. Ele larga no dia 30 de outubro, do Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), e chega dia 7 de novembro na belíssima Barreirinhas (MA). O rali cruza cinco estados, e mais o DF, somando 5 mil quilômetros.Piquet terá sua primeira experiência nessa prova. Mesmo novato nos ralis, Piquet já conhece bem o potencial dos UTVs Can-Am, rodando pelas áreas permitidas das dunas dos Lençóis Maranhenses (MA), onde tem casa. E também como veículo escolhido para as experiências em esportes a motor oferecidas na Barbarius, seu empreendimento que reúne diversão e velocidade no interior de São Paulo.Apaixonado por velocidade, como não poderia deixar de ser, Nelsinho conhece tecnicamente o Maverick X3. “Meu primeiro contato com off-road foi em expedição com meu pai, de quadriciclo, de Fortaleza a São Luiz, há muitos anos”, conta ele. Depois, prossegue ele, começou a frequentar os Lençóis Maranhenses, andando no Can-Am de um amigo. “Achei o lugar maravilhoso e, também, o UTV, tanto que comprei um para usar lá”. Nelsinho comenta que participar do Sertões será, sem dúvida, uma experiência especial. “É o maior Rally das Américas, conhecido por seus desafios e belezas – e ainda vai passar por minha cidade, Brasília, e chegar em Barreirinhas, o local que escolhi para ter minha casa de férias e que considero  um dos lugares mais bonitos do Brasil”, contou o piloto.Conhecido pela sua versatilidade nas pistas, Nelsinho disputou três temporadas do Global Rallycross Championship, sendo o único brasileiro com vitória em evento de primeira linha de rallycross e o único com medalha nos X-Games na modalidade. “Como já tinha histórico em competições de rallycross, o convite para disputar o Sertões com a Can-Am veio naturalmente. Estou muito motivado com essa nova experiência. Em mais de 20 anos de carreira, competi em inúmeros veículos de corrida, mas nunca em um rali, saindo de ponto A e chegando em ponto B, e ainda com um navegador. Será uma experiência inesquecível”, comentou Nelsinho.Campeão do Rally Dakar por três vezes consecutivas, essa versão do Maverick X3 tem 195hp, a maior potência original de fábrica de seu segmento, além do maior curso de suspensões, e ergonomia totalmente focada no conforto do piloto.Nelsinho Piquet acumula mais de duas décadas dedicadas profissionalmente ao esporte a motor. Ele foi o primeiro campeão mundial da Fórmula E, subiu ao pódio na F1 em sua temporada de estreia e conquistou o vice-campeonato na GP2, Tem títulos da F3 Britânica e F3 Sul-Americana, títulos nacionais de kart, pódios em inúmeras corridas do WEC, incluindo as 24 Horas de Le Mans, vitórias em carros de GT, vitória na Stock Car, pole na Indylights e Porsche Cup e é o único piloto brasileiro a vencer na Nascar, por três divisões diferentes, tanto em pistas ovais quanto em circuitos mistos.

Fonte: Metropoles