No Mac, Netflix só rodará em 4K com aparelhos lançados depois de 2018

A atualização “Big Sur” do macOS está prevista para chegar até o final de 2020 para Macbooks, Mac Minis, iMacs e Mac Pros da Apple e, com ela, vem uma mudança que pode ser boa ou ruim, dependendo do ano em que você comprou a sua máquina: segundo uma página de suporte técnico da Netflix, a plataforma de streaming de filmes e séries só permitirá a execução de vídeos em resolução máxima (UHD/4K) em computadores da Apple que tenham instalado o chip de segurança T2.Veja também: 25 títulos que voltam para a Netflix em outubroSérie de Resident Evil chega à Netflix em 2021 com Leon e ClaireApple libera o Safari 14 para os macOS Catalina e MojaveApple lança beta público do macOS Big Sur

Modelos que contam com esse componente estrearam no mercado em 2018, ou seja, computadores da Apple que foram adquiridos antes do referido ano terão que se contentar com uma resolução inferior mesmo que façam uso do plano mais avançado de assinatura da Netflix.

O Chip T2: componente inagurado nos computadores da Apple em 2018 é essencial para reprodução de vídeos da Netflix em 4K. Imagem: Wired/ReproduçãoA razão para essa restrição não foi detalhada nem pela Netflix, nem pela Apple, mas sites especializados como The Verge e 9to5Mac especulam que isso pode ter a ver com a capacidade aprimorada do chip T2 de processar vídeos feitos com o codec HEVC – até duas vezes mais rápido que chips de processamento comuns e a sua própria geração anterior, o chip T1.Hoje, a lista de produtos que obedecem a essa restrição inclui o Macbook Pro (de 2018 e além), Macbook Air (de 2018 e além), o Mac Pro (lançado em 2019) e o iMac Pro e iMac lançados em 2020. A Apple conta com um passo a passo detalhado para que o próprio usuário faça a averiguação dos componentes de sua própria máquina, bastando acessar o site da fabricante de Cupertino e seguir as orientações.

Alternadamente, você pode pressionar a tecla “Option” e acessar o menu da Apple, clicando em “Informações do Sistema”. Na barra lateral, selecione “Controlador” ou “iBridge” (o nome muda de acordo com a versão do sistema operacional utilizada). Olhe à direita: se você ver “Chip T2 da Apple”, então seu computador tem o componente.Mesmo em planos mais caros, resolução da Netflix em máquinas da Apple anteriores a 2018 é limitada a 720p. Imagem: Netflix/ReproduçãoVale citar que, além do chip T2, você também precisará ser assinante do plano mais caro da Netflix (Plano Premium: R$ 45,90 mensais no Brasil), além de ter a versão Big Sur do macOS instalada na máquina. Finalmente, apenas o Safari, que vem por padrão em computadores macOS e dispositivos iOS, podem reproduzir conteúdo em 4K: outros navegadores são limitados pela Apple à resolução HD (720p).Não se sabe se essa restrição vem pela Apple ou Netflix. Até o momento, nenhuma das duas empresas se manifestou.Fonte: The Verge/9to5Mac

 

Fonte: OlharDigital