Brasil lidera mais uma vez indicações ao International Emmy Awards

Em um ano de tantos desafios o Brasil mostra a força e a resiliência de sua produção audiovisual. O International Emmy Awards 2020, premiação que celebra os melhores programas de TV de fora dos Estados Unidos, reconheceu a produção nacional com sete indicações, e com isso mais uma vez é o país líder em número de indicações ao prêmio. O Brasil disputa em 11 categorias, e cinco das indicadas são de produtoras associadas à BRAVI.As obras são “Refavela”, da Conspiração Filmes com a HBO Brasil, na categoria Arts Programming; “Ninguém tá olhando”, da Gullane Entretenimento para a Netflix; e “Elis – Viver é melhor que sonhar”, da Academia de Filmes e da e Bravura Cinematográfica. As demais indicações foram para os atores Raphael Logam, pela 2ª temporada de Impuros, da Barry Company; e para Andrea Beltrão, em Hebe, produção da Loma Filmes com a Globo, 20th Century Fox Brazil, Hebe Forever e Labrador Filmes. Todas as produções foram exibidas entre janeiro e dezembro de 2019.Os produtores comemoram o prestígio. Para Renata Brandão, CEO da Conspiração, a liderança em indicações consolida as produções brasileiras no mercado audiovisual global. “Com ‘Refavela 40’, a Conspiração somou sua décima indicação ao Emmy em 14 anos, tornando-se a produtora independente mais indicada do país. Estamos radiantes e honrados com o reconhecimento, que consagra a variedade, a longevidade e a qualidade de nossas obras”, diz.Hugo Prata, diretor de Elis, produzido pela Academia de Filmes, ficou surpreso. “Recebemos essa nomeação com muita alegria, depois de todos os desafios da produção e de contar a história de uma pessoa tão importante como a Elis Regina. O filme tem uma carreira muito vitoriosa, ganhamos 35 prêmios ao redor do mundo. Receber a nomeação do maior prêmio de televisão do mundo também não estava nos nossos sonhos. É uma honra máxima”, afirma.“A indicação na categoria de comédia com ‘Ninguém Tá Olhando’nos deixa muito felizes, pois diversos mercados poderão conhecer a força da cinematografia brasileira. A Netflix, desde o início, acreditou no projeto. Buscamos uma dramaturgia original, aliada ao esmero dos departamentos técnicos e um grande elenco”, afirmam os irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane, da Gullane.O Brasil teve ainda um reconhecimento inédito em 2020. O país venceu pela primeira vez no Primetime Emmy Awards 2020, que seleciona os melhores programas de televisão no horário nobre dos Estados Unidos. A produtora paulistana Arvore ganhou na categoria ‘Outstanding Innovation in Interactive Programming’, da premiação que ocorreu em setembro, em Los Angeles.A Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas também reconheceu o talento brasileiro em indicações para o International Emmy Kids Awards. “Ico Bit Zip – primeira temporada, série do Copa Studio, foi indicada como melhor animação na categoria Kids: Animation; e “Juacas” – 2ª temporada, live-action da Cinefilm, está na categoria Kids: Series, com sua primeira indicação. Ambas produtoras são associadas à BRAVI e ao Brazilian Content. Essa foi a segunda indicação seguida do Copa Studio ao prêmio de melhor animação internacional do Emmy Kids. No ano passado, a empresa foi indicada por “Irmão do Jorel”.O International Emmy Kids Awards anunciará os vencedores em cerimônia no dia 14 de outubro, e o International Emmy Awards ocorrerá em 23 de novembro. A organização do evento irá divulgar mais detalhes em breve.Website: https://www.braziliancontent.com/portugues

Fonte: Metropoles