Esqueleto de tiranossauro rex bate recorde e é leiloado por US$ 31,8 mi

O valor ofertado em um leilão prova o fascínio que as pessoas têm pelo Tyrannosaurus Rex. Nessa terça-feira (6/10), o fóssil de um T-Rex mais completo do mundo foi leiloado pelo incrível valor de US$ 31,8 milhões pela Christie’s, de Nova York.A quantia não apenas foi um recorde de venda de um fóssil de dinossauro como quadruplica a marca anterior.Christie’s Puts Tyrannosaurus Rex Skeleton Known As Stan On Display Ahead Of Its AuctionFóssil de T-Rex é vendido por valor recorde de US$ 31,8 milhões Spencer Platt/Getty ImagesChristie’s Puts Tyrannosaurus Rex Skeleton Known As Stan On Display Ahead Of Its AuctionA estimativa inicial proposta pela Christie’s foi de US$ 6 milhões e US$ 8 milhões. O resultado final do leilão, porém, comprovou novamente o fascínio por este tipo de dinossauro. Spencer Platt/Getty Images0Mais sobre o assuntoSó RindoA polícia teve de perseguir um tiranossauro rex. E isso foi hilário! “Te faz pensar em como eles foram extintos, não é mesmo?”, brinca um dos policiaisMundoPesquisadores descobrem espécie de dinossauro parecida com papagaioNo estudo, os pesquisadores informaram que os animais atingiam dois metros de comprimento e tinham apenas dois dedos funcionaisBrasilEstudo mostra aspectos de dinossauro que viveu no PR há 90 milhões de anosEspécie vivia na região onde atualmente é o município paranaense de Cruzeiro do OesteMundoFóssil raro de dinossauro, de 166 milhões de anos, é descoberto na EscóciaO achado ocorreu acidentalmente por pesquisadores que estavam na Ilha de EiggA estimativa inicial da empresa de leilões era de US$ 6 milhões a US$ 8 milhões. Um dos fatores que impulsionou os preços é que apenas 50 fósseis de Tiranossauro Rex foram encontrados no mundo desde 1902.O exemplar encontrado, que recebeu o nome de Stan, morreu aos 20 anos e possuía quatro metros de altura, 12 de comprimento e pesava entre sete e oito toneladas, de acordo com especialistas.Stan viveu há cerca de 67 milhões de anos e teve sua ossada descoberta em 1987 perto de Buffalo, na Dakota do Sul, nos Estados Unidos, depois de mais de 30 mil horas de trabalho.

Fonte: Metropoles