Fora da lista da Liga Europa, Özil é problema caríssimo para o Arsenal

O Arsenal não inscreveu o meia Mesut Özil da lista de 35 jogadores da Liga Europa. Com isso, fica escancarado algo que já estava claro, embora não dito: que o alemão não faz parte dos planos do técnico Mikel Arteta. A última vez que o jogador entrou em campo pelo clube foi no dia 7 de março, contra o West Ham, pela Premier League. O camisa 10 virou um problema para os Gunners, que parece longe de uma solução.Mais sobre o assuntoFutebolSem jogar desde março, Ozil promete pagar salário do mascote do ArsenalJerry Quy foi demitido nessa segunda-feira (5/10) e a “morte” do Gunnersaurus deixou os torcedores bastante chateadosFutebolArsenal demite mascote com 27 anos de clube e culpa falta de públicoClube cortou gastos com pandemia do novo coronavírus e sobrou até para o Gunnersaurus. Torcidores e simpatizantes criticaram a decisãoAos 31 anos, Özil tem o maior salário do elenco, com £350 mil por semana. Em fevereiro de 2018, quando faltavam poucos meses para o fim do seu contrato, ele acertou uma renovação por valores altos. Tudo parecia que tinha se encaminhado para dar certo, mas o jogador mais uma vez perdeu espaço. Seu vínculo com os Gunners vai até junho de 2021 e não parece que ele será mais usado.Leia a matéria completa no site do Trivela, parceiro do Metrópoles.

Fonte: Metropoles