Camil avança após resultado; ações de MRV, Even, Helbor e Direcional sobem após prévias e Petrobras cai

SÃO PAULO – As construtoras ganham destaque na sessão desta sexta-feira (9), com alta para as ações Even (EVEN3), pela MRV (MRVE3), pela Direcional (DIRR3) e pela Helbor (HBOR3), entre 1% e 5%, após a divulgação de prévias operacionais, também puxando outras ações do setor como Cyrela (CYRE3) e EzTec (EZTC3).O resultado da Camil (CAML3), que informou lucro líquido de R$ 138,6 milhões no segundo trimestre fiscal da companhia, encerrado em agosto, também anima.

Após a alta de mais de 3% da véspera, os papéis da Petrobras (PETR3;PETR4) voltaram a ter perdas, em uma sessão de quase estabilidade para o petróleo, com o WTI e o brent registrando perdas de cerca de 0,4% após a forte alta da véspera. Bancos abriram em queda após a disparada da véspera com as projeções positivas do UBS BB para o setor nos resultados do terceiro trimestre. Contudo, logo amenizaram as perdas ou viraram para ganhos – caso do Santander (SANB11) – no final da manhã.Para o IRB (IRBR3), a sessão é mais uma vez de forte volatilidade. Após uma queda de 25% nos pregões entre terça e quarta e a disparada de mais de 20% na véspera, os papéis voltam a cair. Confira os destaques: Confira os destaques:Natura &Co (NTCO3)A Natura &Co informou que estabeleceu em R$ 46,25 o preço por ação em sua oferta pública primária restrita de 121,4 milhões de ações, resultando em uma captação de R$ 5,61 bilhões. A oferta será feita no país e no exterior sob a forma de American Depositary Shares (ADSs), representados por American Depositary Receipts (ADRs).O objetivo da oferta de ações é obter recursos para reduzir o endividamento em dólar, reduzindo os efeitos da volatilidade da taxa de câmbio e dos juros altos. E também acelerar o crescimento da empresa nos próximos três anos. A empresa afirma que pretende digitalizar suas vendas, expandir suas atividades pelo mundo, desenvolver embalagens e utilizar matérias-primas mais sustentáveis, e diversificar sua força de trabalho.Camil (CAML3)

A Camil Alimentos teve um lucro líquido de R$ 138,6 milhões no segundo trimestre do seu exercício (encerrado em agosto), alta de 26,7% ante o trimestre anterior, quando o lucro somou R$ 109,5 milhões.A alta foi de 245,6% ante o segundo trimestre do ano-fiscal passado, em que a empresa teve lucro de R$ 40 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) foi de R$ 207,5 milhões, alta de 133% na comparação anual. A receita líquida atingiu R$ 1,9 bilhão, alta de 56,3%.A Camil informou que a rentabilidade no período foi fruto do repasse gradual de preços dos grãos e dos pescados no Brasil. Ela também apontou a melhora da rentabilidade em suas operações internacionais, influenciada pela desvalorização do dólar ante o real, e a diluição dos custos no intervalo.Renova (RNEW11)A Renova Energia aceitou proposta da Prisma Capital para comprar o Complexo Eólico Alto Sertão III – Fase B. Segundo a empresa, a Prisma terá a condição de primeiro proponente (Stalking Horse), com direito de preferência na aquisição. A transação faz parte de esforços para reduzir os passivos da empresa, que está em recuperação judicial.Vale (VALE3)Vale informou nesta sexta-feira que seu conselho de administração aprovou a criação de uma joint venture com a Ningbo Zhoushan 601018.SS para construção e operação do chamado “Projeto West III” em um porto na China.O projeto consiste na expansão das instalações do Porto de Shulanghu, na província chinesa de Zhejiang. A parceria vai desenvolver um pátio de estocagem e berços de carregamento, disse a companhia em comunicado ao mercado.“Ao participar do projeto, a Vale garantirá uma capacidade portuária total de 40 Mtpa em Shulanghu, o que ajudará a Vale a otimizar custos em sua cadeia de valor”, disse a companhia.Segundo a mineradora, o investimento tem valor total de 624 milhões de dólares, inclui a aquisição de direitos de propriedade e o desenvolvimento da capacidade portuária de 20 Mtpa, incluindo a construção de um novo pátio de estocagem e dois berços de carregamento, sujeitos a aprovações regulatórias.

A Vale deterá 50% da joint venture e ambas as partes pretendem obter empréstimos de terceiros de até 65%, mas não menos que 50% do investimento total.“Com essas premissas, a contribuição de capital da Vale para o projeto variará entre 109 milhões e 156 milhões de dólares, aproximadamente”, estimou.A construção do projeto, que deve durar até três anos, terá início após ambas as partes obterem as aprovações antitruste e outras autorizações regulatórias na China.“O projeto garantirá capacidade portuária estratégica para a Vale na China, uma vez que o porto de Shulanghu permite a atracação de navios Valemaxes e a otimização dos custos de transporte e distribuição da Vale.”Localiza (RENT3)O Conselho de Administração da Localiza aprovou a proposta de combinação de negócios com a Unidas, anunciada em 22 de setembro. Também foi aprovada a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) em 12 de novembro para deliberar sobre a incorporação de ações. A proposta da administração prevê a redução do número de membros do Conselho de Administração da empresa de sete para seis membros.Totvs (TOTS3) e Linx (LINX3)Em reunião realizada na quarta-feira, 7, o Conselho de Administração da Totvs aprovou a prorrogação da oferta de combinação com a Linx até o dia 17 de novembro e também criticou duramente a atuação dos conselheiros independentes da segunda empresa, que decidiram por não levar adiante a oferta para assembleia de acionistas.A Totvs rebateu ponto por ponto cada um dos problemas levantados na proposta, e levanta suspeita sobre a idoneidade com favorecimento pela proposta da Stone.O documento alega que a ausência de transparência e o ‘modus operandi’ de suprimir a possibilidade de escolha pelos acionistas tem sido prática reiterada pela administração da Linx, com a Totvs alegando que foram se criando dificuldades cada vez maiores para impedir que a proposta fosse devidamente apreciada em assembleia em detrimento da oferta que a Stone fez.A Totvs informou que a combinação de seus negócios com a Linx poderá gerar sinergias operacionais de R$ 3,2 bilhões. Segundo a empresa, as sinergias poderão resultar em uma redução anual de aproximadamente R$ 60 milhões de OPEX, assumindo a sua captura 50% no primeiro ano, 75% no segundo ano e 100% no terceiro ano. Além disso, a empresa prevê R$ 160 milhões de receita líquida no quarto ano após a implementação da combinação de negócios.

A Linx informou nesta sexta-feira que vai analisar nova proposta da Totvs. “A companhia (Linx), por meio do comitê independente, analisará a nova proposta apresentada pela Totvs por meio de fato relevante de ontem, emitindo sua avaliação oportunamente, sempre em vista do melhor interesse da Linx e de seus acionistas”, afirmou.Light (LIGT3)A Light informou que Raimundo Nonato Alencar de Castro foi eleito para o cargo de DiretorPresidente da companhia. Ele atuou como diretor presidente da Cepisa entre 2018 e 2020, diretor presidente da Celpa entre 2012 e 2018 e diretor de distribuição da Cemar entre 2008 e 2012. Além disso, Firmino Ferreira Sampaio Neto e David Zylbersztajn foram eleitos presidente e vice-presidente do conselho de administração.Log-In (LOGN3)A Log-In Logística Intermodal ampliou seu serviço de navegação costeira, passando a atender ao porto de Assunção, no Paraguai. A linha irá conectar os principais portos brasileiros ao Mercosul, de Manaus à Assunção, utilizando os serviços marítimos regulares já em operação.Buenos Aires será o porto de conexão da carga em contêineres dos navios da Log-In para embarcações menores que farão a travessia via Rio Paraná através de uma parceria com o armador Independencia Shipping Lines (ISL). A ISL operará o trecho Assunção x Buenos Aires x Assunção utilizando três navios, inicialmente com escala quinzenal.Com essa nova linha, os clientes poderão escoar seus produtos diretamente com a Log-In, numa rota regular, desde Manaus até a Argentina e o Paraguai. Hoje, 92% de tudo que é transportado do Paraguai para o Brasil é feito por caminhão, e apenas 8% utiliza o transporte marítimo.Minerva (BEEF3)A Minerva encerrou as tratativas para uma possível combinação de negócios de sua subsidiária Athena Foods com sociedade de propósito específico para aquisição, listada na bolsa de valores Nasdaq. A empresa não informou os motivos que a levaram a desistir das negociações.Irani (RANI3;RANI4)Os acionistas da Irani aprovaram a listagem da empresa no Novo Mercado da B3 e a conversão das ações preferenciais em ações ordinárias, na proporção de uma ação ordinária para cada uma ação preferencial.GOL (GOLL4)A Gol aumentou sua oferta para uma média de 270 voos por dia em setembro, crescimento de 42% ante à média de 190 voos diários em agosto. Em dias de pico, a GOL operou 360 voos/dia em setembro para servir o aumento mensal de 36% na demanda por transporte aéreo. As vendas brutas consolidadas da companhia nesse mês somaram R$ 800 milhões e a taxa de ocupação média foi de 80%.Em nota, o presidente da empresa, Paulo Kakinoff, disse que está ocorrendo um “crescimento saudável” da demanda por viagens no Brasil, e que isso deve persistir daqui para frente. “Portanto, confiamos que esses ventos favoráveis nos levem a um novo aumento em nossa capacidade ao longo dos próximos meses”, declarou.No início de outubro, a GOL ampliou sua oferta para cerca de 400 voos por dia, e espera terminar o mês com 500 voos diários, colocando a operação da companhia em aproximadamente 60% da programação de voos em outubro de 2019. No mês de outubro, a GOL operará 93 aeronaves na sua malha e planeja a reabertura de mais três bases operacionais. A empresa destacou que não possui vencimentos significativos de dívida até 2024.Direcional (DIRR3)A Direcional Engenharia informou, em sua prévia operacional do terceiro trimestre, que os lançamentos totalizaram R$ 574 milhões no período, crescimento de 64% em relação ao trimestre anterior. Segundo a empresa, foi o melhor trimestre de vendas líquidas da história da companhia, com R$ 458 milhões, crescimento de 41% em relação ao mesmo período de 2019. O VSO (vendas sobre oferta) no segmento MCMV 2 e 3 atingiu 18% no período.Even (EVEN3)A Even também divulgou sua prévia operacional, com valor geral de vendas total de R$ 649,3 milhões no terceiro trimestre, alta de 124% na comparação anual. No segundo trimestre, a empresa lançou R$ 245 milhões. As vendas do terceiro trimestre somaram R$ 480 milhões, volume 84% superior ao mesmo período de 2019 e 59% maior do que o trimestre anterior. A velocidade de vendas (VSO) consolidada foi de 20%,, contra 12% no mesmo período de 2019, e 14% no segundo trimestre de 2020. Os distratos somaram R$ 88 milhões no trimestre, valor igual ao registrado um ano antes.MRV (MRVE3)A MRV fez lançamentos de R$ 1,87 bilhão no terceiro trimestre, alta de 15% na comparação anual. Frente ao segundo trimestre, o avanço foi de 98,9%. Segundo a empresa, as vendas bateram recorde pelo terceiro trimestre consecutivo, com um total de R$ 1,97 bilhão, aumento de 41,1% no comparativo anual e de 8,3% frente ao segundo trimestre. A velocidade de vendas (VSO) subiu para 21,2%, ante 19,7% no trimestre anterior. Os distratos somaram R$ 187 milhões no trimestre, quase o dobro dos R$ 95 milhões vistos um ano antes.Segundo o Credit Suisse, o resultado da MRV deve ser bem recebido pelo mercado, pois mostrou que a tese de crescimento de mercado continua válida. As vendas recordes vieram em linha com as estimativas do banco. “Esperamos que a ação reaja positivamente depois de cair 20% desde julho”, afirmou o banco. No entanto, o Credit manteve a recomendação neutra para o papel.Helbor (HBOR3)A prévia operacional da Helbor do terceiro trimestre mostrou vendas totais de R$ 465,9 milhões no período, alta de 112% frente ao trimestre anterior e 36% se comparado ao mesmo intervalo de 2019. A velocidade de vendas medida pelo indicador VSO Parte Helbor atingiu 16,8% no trimestre, frente 8,4% no segundo trimestre e 10,2% no mesmo período do ano passado. Já a Velocidade de Vendas dos Lançamentos atingiu 56% no trimestre. O VGV líquido somou R$ 215,7 milhões queda de 53% na comparação anual.Wilson Sons (WSON33)A Wilson Sons teve uma queda de 6,4% no movimento nos terminais de contêineres em setembro, que somou 91 mil TEU (Twenty equivalent unit). No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o movimento caiu 0,8% para 512,5 mil TEU.Simpar (SIMH3)A Simpar, ex-JSL, informou que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou sem restrições a aquisição de 100% da Moreno Holding, sociedade que detém a integralidade da Transmoreno Transporte e Logística. A operação foi anunciada em 10 de agosto, por R$ 310 milhões.(Com Reuters e Agência Estado)Semana dos Vencedores: aprenda a fazer operações com potencial de ganho de R$ 50 a R$ 500, operando apenas 10 minutos por dia, em um workshop gratuito!

Fonte: InfoMoney