Justiça tranca caso de policiais suspeitos de chantagear padre Robson

A Justiça de Goiás trancou a investigação sobre corrupção de policiais civis suspeitos de chantagem ao padre Robson. A decisão é a mesma que paralisou as apurações acerca de supostos desvios de R$ 120 milhões em doações destinadas à Associação Filhos do Divino Pai Eterno (Afipe) e foi proferida pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, na última terça-feira (6/10). Ministério Público vai recorrer e pretende continuar investigando ambos os casos.Mais sobre o assuntoBrasilDefesa de padre Robson induziu a Justiça ao erro, aponta MPSegundo o MP, o pedido de habeas corpus possui informações que não correspondem aos fatos investigados. Órgão vai recorrer da decisão Brasil“Verdade restabelecida”, diz defesa de padre Robson após ação ser arquivadaReligioso era investigado por supostos crimes de apropriação indébita, lavagem de capitais, organização criminosa, sonegação fiscal e outrosBrasilTribunal de Justiça de Goiás arquiva ação contra padre RobsonVolume do ativo da associação Filhos do Pai Eterno não seria suficiente para uma investigação, diz advogado do religiosoBrasilApós afastamento de padre Robson, Santuário Basílica ganha novo reitorMissa de posse do padre João Paulo Santos deve ocorrer no próximo domingo (27/9)Conforme informações repassadas pelo promotor Sebastião Marcos Martins, a investigação sobre o crime de extorsão contra o padre Robson em 2017 originou dois procedimentos: um referente aos desvios na Afipe e outro acerca de suposta corrupção de policiais civis que pode ter ocorrido na época em que o religioso foi extorquido.

Fonte: Metropoles