Principal causa das queimadas no Pantanal é o clima quente, diz Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse nesta terça-feira (13/10) que o clima quente e seco é a principal causa das queimadas no Pantanal.Segundo o Inpe, o Pantanal acumulou 8.106 focos de calor em setembro, superando em 35% o recorde histórico de 5.993, registrado em agosto de 2005.Foi o maior número desde que o Inpe começou o monitoramento, em 1998. Neste ano, os focos na região somam 18.259, o triplo do observado em 2019.“Grande parte desses incêndios não decorrem de más ações de produtores rurais, que vivem justamente da sanidade da sua propriedade”, afirmou.“Ao reconhecer isso, nós sabemos que a principal causa é o clima quente, seco, e ventos fortes”, complementou Salles, em audiência pública no Senado Federal.Para o ministro do Meio Ambiente, não pode haver nem “inação” nem “excesso” de fiscalização, mas aplicação da lei.Mais sobre o assuntoBrasilPapa Francisco lamenta queimadas no Pantanal e na CalifórniaPontífice declarou que “muitos incêndios são causados ​​por secas persistentes, mas também existem aqueles provocados ​pelo homem”BrasilAnta é resgatada pela Marinha no Pantanal com perna e patas queimadasO animal foi transportado de helicóptero da Serra do Amolar até o Aeroporto Internacional de Corumbá, no Mato Grosso do SulMeio AmbienteSalles, parlamentares e governador sobrevoam áreas de queimadas no PantanalA comitiva está em Corumbá (MS), de onde partiu de helicóptero para monitorar os incêndios que há semanas destrói parte do ecossistemaPolíticaSenado convida Salles a prestar esclarecimentos sobre incêndios no PantanalRequerimento feito pede que ministro apresente subsídios sobre adequação da legislação que trata da proteção da flora e da fauna locais“Se essas pessoas tiverem as atividades inviabilizadas por excesso de voluntarismo, ou de aplicação de regras de maneiras desequilibradas, vamos gerar mais pobreza”, avaliou.No entanto, os incêndios que atingem a região do Pantanal de Mato Grosso, há cerca de dois meses, foram provocados pela ação humana, segundo apontam perícias.Os laudos foram realizadas pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman-MT) e encaminhados à Delegacia de Meio Ambiente (Dema).Ricardo Salles ministro bolsonaroO ministro do Meio Ambiente, Ricardo SallesAndre Borges/Esp. MetrópolesRicardo Salles ministro bolsonaroO ministro do Meio Ambiente, Ricardo SallesAndre Borges/Esp. MetrópolesRicardo Salles ministro bolsonaroO ministro do Meio Ambiente, Ricardo SallesAndre Borges/Esp. MetrópolesErnesto Araújo – ministro das relações exterioresO Itamaraty reagiu às críticas de Rodrigo Maia (DEM/RJ) no sábado (19/9)Rafaela Felicciano/MetrópolesErnesto-Araújo2Raylson Ribeiro/MRE0

Fonte: Metropoles