Jogos antigos rodarão com HDR automático e 60 fps no Xbox Series X

A Microsoft divulgou mais detalhes de como funcionará a retrocompatibilidade no Xbox Series X e Xbox Series S. O anúncio inclui melhorias para os jogos lançados nas gerações anteriores, como a adição automática de HDR e a capacidade de dobrar a taxa de quadros.Veja também: Youtuber consegue rodar Doom com batatas; entenda a façanha’Among Us’: beta para PC ganha voto anônimo e vários novos recursosCriadora de ‘Roblox’ entra com pedido de abertura de capitalUnboxing do Xbox Series X surge no YouTube antes mesmo do lançamentoPrimeiro comercial da Microsoft para o Xbox Series X tem foco em Halo

“Acreditamos fundamentalmente que você não só deve ser capaz de jogar todos os seus jogos do passado sem precisar comprá-los novamente, mas também que eles devem ter uma aparência, uma sensação e um desempenho melhor na próxima geração de consoles Xbox”, escreveu a empresa no comunicado oficial.

A promessa é que todos os títulos funcionarão com o desempenho máximo para a plataforma a qual foram originalmente projetados, com taxas de quadros mais altas e estáveis ​​e renderização em sua resolução e qualidade visual máximas. Os games também terão reduções significativas nos tempos de carregamento e o novo recurso chamado de Auto HDR.”Milhares de jogos foram lançados antes do HDR ser introduzido pela primeira vez com o Xbox One S. Mesmo para alguns jogos do Xbox One, os desenvolvedores simplesmente não tinham os recursos de desenvolvimento ou tempo para implementá-lo”, explica a Microsoft.O novo recurso adiciona automaticamente melhorias de HDR a jogos que foram lançados só com SDR. “O Auto HDR aprimora a qualidade visual de um jogo sem alterar a intenção artística original. O HDR automático é implementado pelo sistema sem nenhum custo de desempenho para a CPU, GPU ou memória ou latência’, completa a fabricante.

Outro recurso que melhorará o desempenho dos jogos antigos na nova geração dobra a taxa de quadros – em geral de 30 fps para 60 fps. A novidade, porém, diferente do Auto HDR, não será aplicável a muitos títulos devido à física original ou animações do jogo. Um dos games testados pela Microsoft foi “Fallout 4”, da Bethesda, que de fato teve sua taxa de quadros dobrada no Xbox Series S.A nova geração também utilizará o método Heutchy para permitir que jogos renderizados em 720p (ou até 360p, como alguns do Xbox original) rodem em 1440p no Xbox Series S e 4K no Xbox Series X. A plataforma oferece ainda uma filtragem de textura aprimorada, com parte do catálogo de jogos com um aumento da filtragem anisotrópica, melhorando a qualidade de imagem dos jogos.Os novos Xbox (lembrando, são dois modelos) serão lançados no Brasil ainda em Novembro, custando R$ 2.999 (Series S) e R$ 4.999 (Series X). A principal diferença entre eles é que o Series S não é capaz de renderizar jogos em 4K, por isso tem hardware menos potente, é menor e mais barato. Entretanto, ambos rodarão os mesmos jogos.Seu principal concorrente, o PlayStation 5, chegará em 19 de novembro custando R$ 4.500 pela versão “All Digital”, sem leitor de Blu-Ray, e R$ 5.000 pelo modelo com leitor de discos.Via: Xbox

 

Fonte: OlharDigital