Casada com separação de bens, Andressa Suita pode ter direito a partilha

Andressa Suita, ex-mulher do cantor Gusttavo Lima, estava casada em regime de separação total de bens. Apesar disso, segundo o R7, ela pode ser beneficiada por uma interpretação do STF (Supremo Tribunal Federal), caso queira reivindicar parte dos bens adquiridos ao longo do período em que esteve com o sertanejo.

A influenciadora digital teria direito a valores referentes ao patrimônio milionário construído desde 2015, como: um iate, avaliado em R$ 25 milhões; um jatinho, de R$ 48 milhões; e a famosa mansão “faraônica” em uma fazenda, em Goiânia, Goiás. Estima-se, inclusive, que o imóvel esteja avaliado entre R$ 30 e R$ 50 milhões.
O advogado Marcelo Saraiva, responsável pela defesa de Zilu Godoi na ação contra Zezé Di Camargo, explicou ao R7 que o tempo dedicado aos filhos, os cuidados com a casa e um eventual acúmulo de funções por conta da agenda de shows do marido, podem garantir a Andressa direito a partilha.
“Ela poderia pleitear parte do patrimônio adquirido na constância do matrimônio até o momento da separação, pois o STF pacificou entendimento no sentido de que os aquestos (aquilo que for adquirido durante a união por esforço comum) devem ser partilhados. No caso, o esforço comum seria o cuidado da Andressa com a casa e com os filhos, pois certamente o Gustavo dedicou e dedica muito tempo da sua vida à carreira dele e não para a família”, explicou.

Pensão alimentícia Andressa Suita e Gusttavo Lima são pais de dois filhos, Gabriel, de 3 anos, e Samuel, de 2. Por isso, de acordo com o advogado, ela e os herdeiros teriam direito a receber pensão alimentícia para manter o mesmo padrão de vida.
“Ela e os filhos têm direito a receber pensão alimentícia para manter o mesmo padrão de vida que a família vivia durante o matrimônio. Acredito que, mesmo sendo a Andressa jovem e tendo alguma receita como modelo e com o seu blog, ela teria direito de receber a título de pensão o valor correspondente a diferença entre a sua receita e as suas reais necessidades”, disse.
Embora a modelo tenha o próprio dinheiro, é de conhecimento público que os rendimentos de Gusttavo Lima são um dos maiores entre os artistas brasileiros. O músico, que foi um dos pioneiros com a realização de lives, durante a pandemia, teria faturado cerca de R$ 5 milhões só com a participação na versão online da Festa do Peão de Barretos.

Antes da pandemia, em 2019, o famoso rivalizava com nomes como Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Marília Mendonça, Henrique e Juliano e Zé Neto e Cristiano quando o assunto era cachê.  À época, o cantor recebia, em média, R$ 400 mil por show — valor que poderia ser mais alto, dependendo do tipo e local da apresentação.
Com 22 shows por mês e cerca de 200 por ano, considerando apenas essa fonte de rendimento, Gusttavo Lima lucraria por volta de R$ 80 milhões anuais, sem descontar, claro, os custos com funcionários, impostos, etc…
Em entrevista ao colunista Leo Dias, o sertanejo afirmou que não pretende recorrer à Justiça e que a definição de valores seria discutida de forma particular com a ex-mulher. “Tem que pagar R$ 100 mil de pensão? Eu vou pagar e acabou… E isso não é coisa que tem que ir para juiz. Eu resolvo com ela. Andressa também tem direito a uma pensão, tudo bem, eu pago. Eu só quero ficar de boa. Ficar em paz”, disse.

Fonte: Correio24horas