Nasa transmitirá ao vivo pouso da OSIRIS-REx no asteroide Bennu

A Nasa transmitirá ao vivo a descida da espaçonave robótica OSIRIS-REx na superfície do asteroide Bennu na próxima terça-feira (20). O pouso no corpo celeste tem o objetivo de coletar materiais rochosos e trazê-los à Terra para estudos. O pouso poderá ser acompanhado pelo site oficial da agência espacial por volta das 19h (horário de Brasília).TAG is six days away. I repeat TAG is SIX days away! Mark your calendars and join me and my team for the adventure on Oct 20. The live broadcast starts at 5:00 pm EDT and touch down is scheduled for 6:12 pm EDT. More details and events here: https://t.co/GZmHW4lV2C pic.twitter.com/4aLUPGX4gP— NASA’s OSIRIS-REx (@OSIRISREx) October 14, 2020Veja também: Nasa apresenta novo rover que encara qualquer terrenoEspaçonave robótica vai colher amostras do asteroide Bennu em 20 de outubroNasa divulga foto com detalhes inéditos do asteroide Bennu

Pelo menos 60 gramas de material será coletado pelo braço robótico que acompanha a sonda. Para isso, será utilizada uma estratégia denominada Mecanismo de Aquisição de Amostras Touch-And-Go (Tagsam, sigla em inglês), que ainda englobará duas manobras até o pouso com total precisão. Os desvios “Checkpoint” e “Matchpoint” serão os encarregados pela aterrissagem segura.

Cabe ainda frisar que a OSIRIS-REx possui seis metros de comprimento e três metros de altura, incluindo seus painéis solares estendidos. A espaçonave trabalha com um sistema de duas partes para coletar sua amostra de asteroide. Além do TAGSAM, ela usará o método Sample Return Capsule (SRC, na sigla em inglês) que atua como um recipiente com um escudo térmico e paraquedas que irão proteger o asteroide e permitir sua entrada novamente na atmosfera da Terra. A missão é a primeira desse tipo para a agência espacial americana. De qualquer forma, a espaçonave deve voltar ao nosso planeta com as substâncias coletadas apenas em 2023.

Espaçonave OSIRIS-REx será a grande responsável pela coleta de material inédita. Créditos: Nada/DivulgaçãoO que Bennu representa?“Bennu contém material do início do sistema solar e pode conter os precursores moleculares da vida e dos oceanos da Terra”, destacou o anúncio da Nasa sobre a transmissão ao vivo. “O asteroide é quase tão alto quanto o Empire State Building e pode potencialmente ameaçar a Terra no fim do próximo século, com uma chance de 1 em 2.700 de impactar nosso planeta durante uma de suas aproximações”, acrescentou.Vale lembrar que todo caminho e manobras serão monitorados por uma equipe restrita de pesquisadores, já que a Nasa também tem adotado amplamente o trabalho remoto por conta da pandemia de Covid-19. O que tranquiliza a equipe da agência espacial neste sentido é que a OSIRIS-REx conta com um avançado sistema Natural Feature Tracking (NFT, na sigla em inglês), que permite a navegação segura da espaçonave.Via: Teslarati/Nasa

 

Fonte: OlharDigital