Realidade virtual x presencial: a nova era dos eventos e negócios

A tecnologia é essencial para a atuação e a expansão das empresas no contexto nacional e internacional. O novo panorama imposto pela pandemia da Covid-19 mudou repentinamente o “modus operandi” da indústria ligada aos eventos em geral. O adiamento e cancelamento de viagens e encontros presenciais e a necessidade de continuar realizando reuniões e atividades remotamente fizeram com que as plataformas digitais ganhem força, passando a ser uma ferramenta fundamental para impulsionar os negócios, sem fronteiras.Essa situação excepcional envolve muito mais do que mudar de um pavilhão para um webinar. As plataformas digitais, se bem exploradas, podem ser utilizadas para a criação, desenvolvimento e realização de feiras, exposições, conferências, congressos, lançamentos de produtos, treinamentos, workshops, reuniões, vendas e diversas outras atividades em um contexto virtual.Diante dessa  nova realidade, a Artek | espaços que comunicam, empresa especializada na concepção e construção de stands e projetos comerciais ao redor do mundo e com escritórios na América Latina, Europa e Austrália, desenvolveu EVI, ESPAÇOS VIRTUAIS INTERATIVOS. É um software de gestão, onde através da modelagem e renderização de espaços virtuais, os visitantes são incorporados a cenários 3d por meio de um login e podem interagir, receber informação, fazer networking, realizar apresentações, entre outras funções, percorrendo os ambientes projetados e personalizados, facilmente reconhecíveis pelo usuário e adaptados para cada situação, criando experiências imersivas e interativas.Quais são os principais benefícios:Reduz custos – Os espaços virtuais representam um investimento menor em comparação aos custos de uma feira presencial, tanto para os organizadores quanto para os participantes. Aumentam o alcance e a visibilidade – Permitem conectar milhares de pessoas ao mesmo tempo, desde diferentes partes do mundo, ultrapassando as limitações geográficas e podendo ser realizados várias vezes ao ano.Maior cobertura devido ao seu fácil acesso – Todos os interessados podem participar, independentemente de onde estejam e através de diferentes dispositivos, como smartphones, tablets e notebooks. Sustentável com o meio ambiente – Sendo eventos digitais, se reduzem os impactos de deslocamento, geração de resíduos, etc. Serviço de métricas gerais – Outro dos grandes benefícios é que as métricas de fluxo espacial podem ser obtidas facilmente, com dados das atividades de cada participante para posterior análise.Modelagem personalizada de espaço – Entre suas múltiplas funcionalidades, a plataforma permite projetar o tipo de local que melhor se adapte aos objetivos do cliente.Há quem questione se esta nova forma de relacionamento, marketing e comunicação durará para sempre e se será realmente eficaz no cumprimento das metas comerciais. Muitas empresas já estão descobrindo o lado positivo. Quando bem planejados, os recursos virtuais podem cumprir ​a maioria​ dos objetivos principais, sendo assim um poderoso aliado, proporcionando melhor competitividade e favorecendo o crescimento.“O virtual veio para ficar, seja como eixo principal ou dentro de um formato híbrido (combinado com o presencial). As plataformas precisam se adaptar rapidamente para atender às demandas dos usuários e fornecer experiências cada vez mais otimizadas, pois isso resulta em um maior volume de negócios efetivados. Além de um nível alto de conectividade e interações, devem ter o design como valor agregado, uma evolução importante dos aplicativos que conectam, mas não criam um ambiente ou uma experiência envolvente.” explica Débora Bessa, diretora da Artek no Brasil.A empresa ​vem realizando ​congressos como a Cardio Week, stands digitais embebidos em exposições virtuais, eventos corporativos e de comunicação interna, e no momento está desenvolvendo estratégias relacionadas com o segmento de ​”​Smart Cities​”​, além de ações de Live Marketing​ combinadas com ​su​a plataforma EVI.​”​Estamos muito envolvidos com ​essa renovação​, pois somos especializados em soluções para empresas​ e ​com uma trajetória ​importante​​ em diversos países​​​. C​olocamos muita ênfase no tema Smart Cities e ​eventos de ​energias renováveis. Nos estandes presenciais ​temos​ uma cadeia produtiva sustentável, que inclui reciclagem, preferência p​or​ material certificado, entre outras ações.​ ​Na realidade virtual, desenvolvemos recursos para que as atividades digitais​ sejam mais amigáveis e envolventes, para que ​​complementem as atividades presenciais de forma inovadora, facilitando o equilíbrio entre seus benefícios e seus impactos.​”O mundo e suas infinitas possibilidades podem estar a apenas um clique de distância.Website: http://www.artekstands.com

Fonte: Metropoles