Sabatina do CORREIO recebe hoje Bacelar e Celsinho Cotrim

A terceira edição da Sabatina do CORREIO, que começou ontem, recebe nesta terça-feira (20) os candidatos Bacelar (Podemos) e Celsinho Cotrim (Pros), a partir das 11h e das 13h, respectivamente.

Todos os candidatos foram convidados para participar e terão o espaço de uma hora para responder perguntas do próprio jornal, 24 entidades e associações civis, além de 8 especialistas técnicos em diversas áreas e da própria população, que poderá participar comentando no YouTube, Facebook ou Instagram do veículo, por onde a sabatina será transmitida. Apenas o candidato Isidório (Avante) não será sabatinado porque só tem espaço em sua agenda no mês de novembro.
Como acompanhar
Plataformas: Youtube, Facebok e Instagram
20/10 11h às 12h – Bacelar (Podemos)Resumão das propostas: Implantar as Comunidades Educadoras, baseado na preparação e formação de educadores que visitam semanalmente as famílias dos estudantes das escolas municipais. Criação o Cartão de Estudante – Do Pré-Natal ao Primeiro Emprego e ampliação do investimento de recursos próprios para ampliação da rede pública de ensino. Ampliar a oferta de ônibus com ar-condicionado para toda a cidade até o final de 2021 e implementar novas soluções para o desenvolvimento da micromobilidade dos bairros, especialmente os populares, como na região do Miolo da cidade, Cajazeiras, Subúrbio Ferroviário e Centro da cidade. Otimizar o Movimento Salvador Vai de Bike e transformar o programa em meio de transporte para o trabalho, para além do lazer e diversão.13h às 14h –  Celsinho Cotrim (Pros)Resumão das propostas: Tem programa de governo em 11 áreas de atuação, todas elas em parceria com os governos federal e estadual, iniciativa privada, financiadores internacionais e organizações sociais. Promete implantar escola em tempo integral nas escolas municipais e ampliar o número de creches. Na área da saúde, ele prometeu ampliar o horário de atendimento das Unidades de Saúde da Família (USFs) até às 22 horas e fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS).

Regras e formato No dia da sabatina o candidato ou alguém da sua equipe precisa ficar disponível 30 minutos antes para ser feito o teste de acesso. Todos os candidatos responderão perguntas feitas pelo CORREIO, audiência do veículo, além de associações, federações e especialistas nos principais temas que interessam à sociedade.
Todas as perguntas enviadas por entidades, especialistas e leitores serão relacionadas a propostas de governo, não sendo dirigidas diretamente a nenhum deles. As questões serão numeradas e os candidatos escolherão na hora um número escrito no envelope. Serão 18 no total sendo duas para cada candidato. As perguntas estarão envelopes com números e serão sorteados pelo apresentador no dia.
Os candidatos devem se comprometer com as regras da sabatina. Não serão permitidos ataques às empresas Rede Bahia, Jornal CORREIO, TV Globo, bem como aos demais candidatos. Caso o candidato desobedeça esta regra, terá o seu microfone cortado momentaneamente. O tempo perdido neste processo não será devolvido.
A sabatina será dividida em 4 blocos, com duração de 5, 12, 15 e 18 minutos, respectivamente. É previsto que cada pergunta dure 1 minuto e os candidatos e candidatas têm 2 minutos para responder. No entanto, de acordo com Donaldson, esse tempo é bem flexível: o sabatinado pode se prolongar no período da resposta desde que tenha consciência de que isso vai reduzir a quantidade de perguntas que o tempo lhe permitirá responder.

 

Fonte: Correio24horas