Câmara dos Deputados aprova indicados para CNJ e CNMP

O plenário da Câmara dos Deputados elegeu, nesta terça-feira (27/10), Mário Maia para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e reconduziu o atual conselheiro Otávio Luiz Rodrigues Junior para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Após isso, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão.Os demais itens sofreram obstrução dos deputados do Centrão e da oposição.Plenário-vazio3_Maryanna Oliveira-Câmara dos DeputadosMaryanna Oliveira/Câmara dos DeputadosPlenário da Câmara dos DeputadosCâmara está em home office na pandemia e recebe poucos deputadosMaryanna Oliveira/Câmara dos Deputadosplenario_da_camara_-_jose_cruz-agencia_brasilJosé Cruz/Agência Brasilrodrigo-maia-coletiva-câmara-dos-deputados-11O presidente da Câmara já se manifestou diversas vezes contrário à recriação de impostosFoto: Hugo Barreto/Metrópoles0Mais sobre o assuntoPolíticaOposição e Centrão tiram quórum, e sessão da Câmara é encerrada sem votaçãoOposição quer que Maia paute a MP 1000/20, do auxílio emergencial residual. Centrão quer a instalação da Comissão Mista do OrçamentoPolíticaAlcolumbre e Centrão não chegam a acordo e CMO deve ser definida no votoOs deputados Elmar Nascimento (DEM-BA) e Flávia Arruda (PL-DF) disputam a presidência do colegiado. Não há data marcada para a instalaçãoPolíticaOposição vai obstruir pauta da Câmara para pressionar por auxílio de R$ 600Os líderes oposicionistas exigem que Rodrigo Maia paute a medida provisória editada por Bolsonaro que reduziu o valor da ajudaMário Maia, indicado por 12 partidos (Progressistas, Avante, PSD, Solidariedade, PSDB, MDB, DEM, PCdoB, Rede, PT, Republicanos e PDT), recebeu 364 votos, enquanto Cesar Wolff, indicado pelo Novo, recebeu 40, e Janaína Penalva, indicada pelo PSol, obteve 35.Já a recondução de Rodrigues no CNMP foi recomendada por 13 partidos – Progressistas, Avante, PSD, SD, PSDB, MDB, PV, DEM, PL, PT, Rede, Republicanos e PDT. Ele era candidato único e obteve 432 votos.Desde o início do mês, oposição e Centrão realizam obstrução às votações da Casa por motivos diferentes. A oposição quer que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), paute a Medida Provisória (MP) 1000/20, do auxílio emergencial residual, e quer que o auxílio seja de R$ 600, não de R$ 300, como propõe o governo.Já o Centrão quer a instalação da Comissão Mista do Orçamento (CMO). A abertura do colegiado foi adiada duas vezes por falta de acordo quando à presidência. O grupo de Maia indicou o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), enquanto o bloco liderado pelo deputado Arthur Lira (PP-AL) indicou a deputada Flávia Arruda (PL-DF).Outros itensEstavam na pauta as MPs 992, que cria incentivo contábil para estimular bancos a emprestarem dinheiro de capital de giro a micro, pequenas e médias empresas em razão da Covid-19; a 991/20, que destina R$ 160 milhões a instituições para idosos durante a pandemia; e a 993/20, sobre renovação de contrato de pessoal do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Além do Projeto de Lei 4199/220, que incentiva a navegação de cabotagem.

Fonte: Metropoles