Microsoft remove Flash Player de vez em nova atualização do Windows

A Adobe já confirmou que o suporte ao Flash Player será encerrado em 31 de dezembro de 2020. Agora, em um esforço para remover o Flash do Windows, a Microsoft lançou uma atualização para o sistema operacional que impede a instalação e funcionamento da ferramenta antes do prazo estipulado.Veja também: Xbox One X/S: vídeo da Microsoft mostra principais novidades dos consolesXbox Series X e S chegam ao Brasil em 10 de novembro, confirma MicrosoftPorta secreta no Microsoft Edge permite execução irregular do Adobe FlashGoogle Chrome começa a barrar Adobe Flash a partir de setembro

Após instalar a atualização ‘KB4577586’, disponível para todas as versões do Windows 10, Windows Server e Windows 8.1, a Microsoft diz que ela não poderá ser desinstalada. Segundo a empresa, a ideia é “ajudar os clientes a testar e validar seus ambientes para qualquer impacto que possa ocorrer com a remoção do Adobe Flash Player”.

De qualquer forma, o Flash terá atualizações de segurança da Microsoft até o fim do seu suporte. Mesmo em máquinas de clientes que instalarem o update, a empresa também confirma que poderá lançar atualizações de segurança até o fim do ano, isso se houver necessidade.Fim do suporte do Flash Player tem feito com que empresas como o Google tomem medidas para bloqueá-lo em computadores. Imagem: Shutterstock/ReproduçãoNeste momento, a atualização não está sendo distribuída pelo WSUS (Windows Server Update Service). Assim, os usuários precisam baixá-la e fazer a instalação manualmente. A Microsoft informa que a atualização estará disponível no WSUS no início de 2021.

Flash Player como plug-inCaso seja necessário usar o Adobe Flash Player novamente, o usuário pode redefinir o computador para um ponto de restauração do sistema criado antes de aplicar a atualização. Em um caso mais específico, poderá ser necessário reinstalar o Windows, mas sem a atualização que bloqueia o funcionamento do Flash.A Microsoft também afirmou que o navegador Edge ainda poderá utilizar o Flash Player como um plug-in, bem como o Internet Explorer 11. No entanto, deste modo, ele será tratado apenas como um serviço adicional, sem receber suporte da própria companhia.O fim do suporte nativo ao Flash nos navegadores da empresa acontece em janeiro de 2021. Para fazer o update, agora, é preciso baixar o pacote no Microsoft Update Catalog.Fonte: Microsoft

 

Fonte: OlharDigital