18.6 C
Munique

24 Mais Quatro Pessoas Sao Vitimas De Roubo

Leitura obrigatória

Home › Notícias › Polícia › Mais quatro pessoas são vítimas de roubo  
Mais quatro pessoas são vítimas de roubo
Em um dos casos, vítima foi obrigada a fazer sexo oral em assaltante

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 13/04/2010 às 17h13Manoel Miranda – [email protected]
A última sexta-feira e sábado, dias 9 e 10, foram marcados por vários roubos em Indaiatuba. Em todos os casos ninguém foi preso pelo sistema de segurança. Entre as ocorrências, o mais grave terminou com a vítima sendo estuprada pelo bandido. Outros roubos aconteceram na cidade, mas as vítimas preferiram não registrar ocorrência.



O primeiro caso aconteceu na sexta-feira, contra um comerciante de 37 anos, morador no Jardim Morada do Sol, que às 11 horas caminhava pela Rua Candelária, no sentido Bairro ao Centro, quando na altura da Auto Escola Líder, foi abordado por dois bandidos ocupantes de uma moto Twister preta.



Armado com uma faca e um revólver, o garupa anunciou o assalto e, mediante graves ameaças, roubou-lhe a pochete contendo cédula de identidade (RG), Cic, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), documentos de porte obrigatório do veículo, além do telefone celular e mais a importância de R$ 2.790 em dinheiro. O comerciante não forneceu as características dos assaltantes por conta da ação ter sido rápida.



No mesmo dia, porém à tarde, um frentista de 20 anos, residente no Jardim América, mas que estava em horário de trabalho num autoposto na Avenida Visconde de Indaiatuba, foi vítima de dois bandidos armados, que invadiram o local, renderam outros funcionários e roubaram a importância de R$ 500, que estava no seu bolso. Após a ação, os assaltantes fugiram a pé em direção ao Ginásio Municipal de Esportes.



Sequência

No sábado, dia 10, uma jovem de 23 anos, moradora no Jardim Morada do Sol, foi vítima de dois bandidos quando chegava em sua casa. A dupla chegou numa moto Honda Titan na cor escura, e usava capacetes e blusa de manga comprida. Armado, o garupa ameaçou a vítima e roubou-lhe um cartão de crédito do Banco do Brasil, Carteira de Trabalho, telefone celular, além de uma bolsa marrom com documentos em nome de outra pessoa, entre os quais Certidão de Nascimento, CPF, RG e título de eleitor de Minas Gerais.



O segundo caso do dia aconteceu com uma estudante de 20 anos, moradora na Vila Maria Helena, que caminhava pela Rua Goiás, às 6h30 de sábado, quando repentinamente surgiu um bandido armado e anunciou o assalto. Por não possuir nenhuma quantia em dinheiro, a vítima entregou ao bandido o telefone celular e a aliança. Ao saber que os objetos não eram de muito valor, o bandido levou a vítima próximo ao local onde havia sido abordada e cometeu atos libidinosos contra a estudante.



Com a arma apontada, a vítima foi obrigada a fazer sexo oral no bandido e foi abusada sexualmente. O bandido não chegou a estuprar a vítima em função da grande fluxo e movimentação das pessoas no local, nas proximidades de um supermercado no Bairro Cidade Nova.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo