3.1 C
Munique

51 Policiais De Campinas Estouram Desmanche Na Av Ario Barnabe

Leitura obrigatória

Home › Notícias › Polícia › Policiais de Campinas estouram desmanche na av. Ário Barnabé  
Policiais de Campinas estouram desmanche na av. Ário Barnabé
Local já foi fechado antes e fica perto do 1º Distrito Policial



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Atualizado em 19/04/2010 às 18h35Publicado em 19/04/2010 às 15h26Manoel Miranda – [email protected]
Comércio de peças de carros funcionava no Jardim Morada do Sol

Mauro MotozonoComércio de peças de carros funcionava no Jardim Morada do Sol

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas fechou um suposto desmanche de veículos estabelecido na Avenida Ário Barnabé, 725, conhecido como “Batidão”. A operação aconteceu na tarde de terça-feira, dia 13, no comércio que fica a cerca de 60 metros do 1º Distrito Policial da Zona Sul e da sede da Guarda Municipal.



A ação, sob o comando do delegado Paulo Henrique Correa, titular do Setor de Furtos e Roubos de Veículos (SFRV), foi motivada por uma denúncia que chegou ao órgão referente ao estabelecimento, onde estaria sendo feito o desmanche de veículos.

No local, os investigadores da DIG flagraram três homens desmanchando um Fiat Palio azul, que apresentava o chassi e aparelho de som. Também chamou a atenção dos policiais um Fiat Uno azul, somente com a lataria, cuja hipótese é de ter sido desmanchado na manhã do mesmo dia.



No comércio Batidão foram encontradas e separadas centenas de peças retiradas de carros, incluindo portas, partes traseiras, motores e carcaças. Foram identificados pedaços de Gol, Corsa, Monza, Kombi, dentre outros veículos. O local foi preservado até a chegada de peritos do Instituto de Criminalística (IC) de Campinas, que fizeram um levantamento detalhado para ajudar nas investigações.


Detidos

Foram detidos no local o proprietário do desmanche, João Batista Souza de Amorim, 37 anos, e o averiguado A.C., 45 anos, o que se identificou como dono do Fiat Palio, que constava como financiado pelo banco. Levados para a DIG em Campinas, apenas o comerciante foi indiciado por crimes de receptação e estelionato, sendo liberado em seguida. Os autos serão enviados para o 1º DP do Jardim Morada do Sol, para dar sequência às investigações.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo