14.5 C
Munique

36731 Sindrome Compartimental

Leitura obrigatória

Publicado em: 18/08/2017 14h25 – Atualizado em 18/08/2017 20h37

Síndrome compartimental

 

João Panzetti



Fala galera,
Esta semana, conversando com alguns alunos, surgiu uma questão que quero compartilhar com vocês. Sabe aquelas dores musculares na panturrilha durante o treino que você já convive há muito tempo, ela pode ser comum, mas não é o normal. Se a possibilidade de tendinite já foi descartada, o desconforto pode ser causado pela síndrome compartimental.
A síndrome nada mais é que o aumento a níveis preocupantes da pressão dentro dos músculos, o que acarreta na diminuição do fluxo sanguíneo, impedindo sua nutrição e oxigenação. A doença pode se apresentar na forma aguda ou crônica, sendo a aguda causada por um acidente com ferimento grave. Já a crônica, é causada por esforço repetitivo e tem assustado os amantes da corrida.
Dor, sensação de cãibra, dormência ou inchaço durante o exercício são os sintomas frequentes. Quando a atividade é interrompida, a dor costuma cessar quase que imediatamente. A ausência de outros fatores, como fraturas e tendinite, exames de imagens pré e pós-exercícios também são fatores levado em conta. Eventualmente, o exame para medir as pressões do compartimsento da perna antes e depois do exercício também pode ser feito.
Ao contrário da síndrome aguda, o tratamento não é obrigatoriamente cirúrgico. Apesar de não recomendado, fisioterapia e medicamentos anti-inflamatórios podem ser testados para minimizar os sintomas.
O tratamento conservador é composto de medidas fisioterápicas e fortalecimento muscular. Não havendo melhora, discute-se a possibilidade de cirurgia com ortopedista especializado. Mas para quem não quer fazer a cirurgia, outra opção pode ser a diminuição ou substituição do treinamento, podendo alternar a corrida com outras atividades aeróbicas.
Em muitos casos, o atleta pode parar com os treinos apenas pelo medo da cirurgia. Porém, do ponto de vista clínico, os baixos riscos da operação a tornam indicada. No final, é sempre uma escolha do atleta junto ao especialista.

Veja Também:

Comentar








Mais lidas

Filmes em cartaz




- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo