17.1 C
Munique

10351 Praticidade E O Alvo Principal Para Cabelos

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Mulher › Praticidade é o alvo principal para cabelos  
Praticidade é o alvo principal para cabelos



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Atualizado em 27/11/2014 às 17h22Publicado em 16/10/2014 às 15h21Mariana Corrér – [email protected]
Mulheres buscam penteados mais rápidos e naturais
DivulgaçãoGerdel Filho mostra como utilizar o cabelo médio e enrolado na Miss Ester Coutinho

*

Por Mariana Corrér

[email protected]



Com a rotina mais tumultuada e a vida cada dia mais corrida, a praticidade virou palavra-chave para as mulheres modernas. Com a aparência e, principalmente, os cabelos, a situação é exatamente a mesma.



A moda também está mais preocupada em atender às necessidades femininas e, por isso, as tendências estão se tornando mais adequadas ao novo estilo de vida que dominou o público feminino. Por isso, os cabelos ganham cortes e colorações que possam ser mantidos facilmente e não exijam tempo extra das mulheres.



A preocupação é ainda maior nessa época do ano, quando o calor se torna inimigo dos penteados mais elaborados. Assim, a tendência primavera-verão pede cores claras, sem muitos retoques e cortes curtos e médios, bastante desfiados, com maior movimento.



O cabeleireiro Gerdel Filho, do Gerdel Studio de Beleza, lembra que o corte na altura do ombro ou ainda mais curto é o mais pedido no momento. “É da cultura da mulher brasileira o cabelão, mas isso está mudando e elas estão gostando do comprimento menor”, diz.



Os cabelos curtos vão na mesma linha da praticidade, uma vez que exigem menos tempo para os cuidados. Seguindo essa ideia, os undercut se consolidam como uma das maiores tendências. Esse corte consiste em ter as laterais bem curtas ou raspadas, independente do comprimento do restante. “Pode ser mais comprido no meio, raspar apenas de um lado ou dos dois, tanto faz”, explica Gerdel. Para quando for bem curto, a regra é uma só: manter a aparência bem feminina. “E isso é possível, tem o jeito certo de cortar para ficar feminino”, garante o cabeleireiro.



As franjas são outra opção forte. “Todos os tipos de franja estão em alta: as volumosas, pesadas, curtas e mais curtas”, cita. “Elas dão um pouco mais de trabalho no verão, mas podem e devem ser usadas”.


Cores



Gerdel lembra que as mechas californianas, sucesso nos salões nos últimos seis ou sete anos, continua em alta. Agora, porém, ela tem duas concorrentes fortes: a ombré hair e a sombré hair.

Enquanto as californianas clareiam os cabelos da metade para baixo, mantendo a cor natural da raiz, a ombré hair mistura tonalidades para dar um ar mais natural, deixando as raízes naturais também. Já a sombré hair clareia todo o cabelo e escurece a raiz e deixa os tons ainda mais naturais.



Em qualquer uma das três a vantagem é a mesma. “Elas poupam a mulher de ter que fazer retoque de raiz a cada duas ou três semanas”, afirma Gerdel. Dessa forma, a cliente não fica refém do salão e não precisa se preocupar com a diferença de cor durante o crescimento do cabelo.



Saindo das mexas, a dica para a estação ainda é manter as madeixas mais claras – castanhos e pretos podem, sim, ser clareados. A cor do momento, para quem quer fugir dos loiros, é o ruivo. “Mas o ruivo mais puxado para o alaranjado, como o da Marina Ruy Barbosa (atriz da Globo), é o mais forte para o momento”, alerta o cabeleireiro. “Nas outras estações, o vermelho mais procurado era mais puxado para cereja e agora é mais perto do ruivo natural”, reforça.



Para quem quiser manter os fios escuros, no entanto, a possibilidade é clarear as pontas sem a necessidade de descolorir. “Pode-se usar tintura sem medo de clarear muito ou de desbotar para dar mais vida ao cabelo”, garante Gerdel.



Longos

Não é porque os curtos estão na moda que as brasileiras precisam desistir do tão característico longo. Para ficar mais moderno, as pontas desfiadas e repicadas são essenciais. “Isso deixa o rosto mais alegre, menos sisudo que os cortes retos na frente”, opina Gerdel. “Podemos fazer esse corte sem mexer no comprimento e sem repicar atrás, apenas mudando o visual e dando mais movimento e naturalidade”, acrescenta.



Naturais

Gerdel ressalta a necessidade da mulher se assumir. “Vejo no salão que a mulher fica muito mais feliz quando se assume, quando aprende a gostar do cabelo natural, principalmente com os cachos”. Para ele, a ditadura dos cabelos lisos é mantida por cabeleireiros sem informação ou com interesse único no lucro. “É mais rentável para ele convencer uma cliente a fazer progressiva”, exemplifica. “Mas é importante ensinar a mulher a cuidar do seu cabelo natural”, completa.



Assuma seus cachos!
DivulgaçãoA vendedora e modelo Tatiane afirma que as mulheres devem assumir o cabelo black

*

Por Jéssica Santana

[email protected]



A naturalidade e a originalidade também são marcas registradas da vendedora e modelo Tatiane de Melo, de 23 anos. Dona de um cabelo volumoso, cheio de cachos e luzes naturais, Tatiane conta que é preciso se amar em primeiro lugar para depois, assumir o famoso cabelo Black Power.



A vendedora e modelo conta que desde pequena já usava o cabelo no estilo mais armado, porém, até hoje percebe que os padrões de concursos, por exemplo, preferem sempre as mulheres que tem cabelos longos e lisos. “Eu já quis ter os fios lisos. Eu não entendia que por ser diferente, o meu cabelo também era bonito e até hoje vejo que o estilo black não é muito aceito”, conta.



Recentemente Tatiane concorreu ao concurso Miss Indaiatuba e diz que por causa do cabelo fora dos padrões do concurso, não conseguiu ficar entre as dez primeiras colocadas, mesmo com a plateia presente aplaudindo todas as vezes que ela entrava na passarela. “Me fizeram ficar dias antes do concurso com um creme para controlar os cachos, mas, entendo que realmente nunca existiu uma Miss com um “cabelão” assim. Mas mesmo assim é a minha marca registrada, e eu não vou alisar e perder minha característica mais marcante”.



Hoje, convicta de que seu cabelo é desejado por outras mulheres, Tatiane revela que só passou a gostar do estilo volumoso quando entendeu que era preciso ser muito confiante para ostentar os cachos. Apesar de levar uma hora para pentear o cabelo todos os dias, o penteado faz da moça um sucesso por onde passa. “Já fui parada em barzinhos e baladas para explicar o que eu fazia para o meu cabelo ficar assim!” brinca.



Entre as dicas para quem quer assumir os cachos, a modelo conta que é preciso paciência e os gastos são inevitáveis. “Eu gosto de usar bons cremes, mas evito exageros. Lavar duas vezes por semana é suficiente e depois, é só pentear com um pente de dentes não muito largos e secar com secador”. Sobre acessórios, flores combinando com as roupas e tiaras largas de tecido vão bem com o penteado e ainda ajudam para não suar tanto em dias mais quentes.



Além dos produtos, Tatiane diz que é preciso pensar que os cachos são uma qualidade e não um defeito, até porque, sua cabeleira rendeu portas no mundo das passarelas e outros projetos pessoais, como a futura página no facebook sobre cabelos volumosos.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo