13.9 C
Munique

10404 Dropes 21 De Outubro De 2014

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Dropes › Dropes – 21 de outubro de 2014  
Dropes – 21 de outubro de 2014



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 24/10/2014 às 17h41Adriana Brumer Lourencini – [email protected]

Por Adriana Brumer Lourencini

[email protected]



Piromaníacos

Além de estarmos enfrentando a pior seca das últimas décadas, o que originou dificuldades no abastecimento de água em diversos municípios do Estado, temos ainda outro drama: as queimadas. Apenas de junho a setembro de 2014, foi registrado aumento de 61% nos focos de incêndio ocorridos às margens das rodovias das Colinas, em comparação ao mesmo período de 2013. Entre as causas possíveis, estão a já conhecida bituca de cigarro, a queima de lixo, além de fogueiras e queimadas não autorizadas para fins agrícolas. Trocando em miúdos, ‘todas’ as causas poderiam ser evitadas; mas, parece que consciência é algo que ainda passa longe de muitas cabeças por aí…



Fim da picada

Já que o assunto do momento é a estiagem, uma notícia chamou a atenção na semana passada. Na nossa vizinha Itu, moradores de dois bairros fecharam a rodovia Valdomiro Correia de Camargo (SP-79), no dia 12 de outubro, em protesto pela falta de água que atinge o município desde fevereiro deste ano. Até aí, tudo dentro da normalidade. O problema é que, durante a manifestação um ônibus foi incendiado (o quê?!?)! Oras, não há nenhum problema em protestar, afinal, temos de cobrar ações dos nossos políticos. Mas, tocar fogo em ônibus e fazer os bombeiros gastarem milhares de litros de água (que eles não têm!) no combate ao incêndio, é um comportamento bem difícil de compreender. Eu ainda não consegui…


Castelo Rá-Tim-Bum (TV Cultura – Divulgação)

Independente

Ainda lembrando a grave crise hídrica em Itu, a produtora local Guará Filmes resolveu falar sobre o tema em seu curta-metragem independente ‘O fugitivo’. A obra lançada recentemente pretende conscientizar e alertar os espectadores sobre a gravidade do problema, que atinge cada vez mais pessoas. O filme faz uma abordagem ácida, com narrativa que traça um paralelo entre uma rede criminosa e o recurso natural. No centro da trama está o ‘traficante de água’, que se tornou a esperança de um povo, pois só ele sabe onde está a última fonte de água potável.



Rá-Tim-Bum

Após pedidos dos fãs, o evento ‘Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição’, realizado no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo, foi prorrogado até janeiro de 2015. A mostra foi idealizada pelo próprio museu para homenagear o programa da TV Cultura que completa 20 anos em 2014. Durante a visitação poderão ser conferidos objetos de cena, fotos, figurinos dos personagens e trechos célebres, como o vídeo da canção ‘Lavar as mãos’, de Arnaldo Antunes. Além disso, são exibidos depoimentos dos atores do elenco original, feitos especialmente para a mostra. Os visitantes literalmente entram no Castelo, que possui mais de dez ambientes, e podem ver de perto os bonecos que complementavam os personagens. Esta é a segunda vez que o MIS adia a exposição do Castelo, que já recebeu quase 190 mil visitantes, desde 16 de julho. As visitas são de terça à sexta, das 11h às 21h, aos sábados, das 9h às 23h e domingos/feriados, das 9h às 20h. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) – terças-feiras: grátis. Informações: www.mis-sp.org.br.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo