18.6 C
Munique

10519 Ajudante Tenta Matar A Mulher Do Irmao

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Polícia › Ajudante tenta matar a mulher do irmão  
Ajudante tenta matar a mulher do irmão



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 29/11/2014 às 16h34Da Redação – [email protected]
Vítima recebeu um golpe de faca na região do seio
PAULO JOSÉ

Leandro Povinelli

[email protected]



Um ajudante de 24 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar durante o início da madrugada de sábado (22), acusado de tentar matar a atual companheira de seu irmão.



A vítima, uma atendente de 24 anos, recebeu um golpe de faca na região do seio no momento em que se preparava para dormir em sua residência, localizada na Rua Silvio Candelo, no Jardim Morada do Sol. O ajudante, por sua vez, foi contido pelo próprio irmão após uma luta corporal e impedido de fugir por populares. A atendente, encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), permanece internada, mas sem risco de morrer.



De acordo com informações dos policiais que atenderam a ocorrência, uma solicitação chegou via Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) informando sobre uma tentativa de homicídio. Chegando ao local dos fatos, os agentes de segurança encontraram o suspeito sentado em uma calçada, rodeado por populares que estavam impedindo sua fuga.



Uma das testemunhas, o irmão do autor e atual companheiro da vítima, revelou aos militares que seu irmão tinha um relacionamento com a irmã da atendente. No entanto, após uma separação, a mulher teria se mudado para Sergipe. Com raiva, o ajudante então afirmou, segundo a Polícia Militar, que iria matar a irmã da ex-companheira, já que não teria mais como matá-la.



A vítima foi socorrida por populares até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Jardim Morada do Sol, de onde foi transferida ao pronto-socorro do Haoc para receber os atendimentos médicos necessários. Segundo informações da assessoria de comunicação da unidade, a atendente continua internada, mas não corre o risco de morrer.



O local, após todos os procedimentos de isolamento, foi periciado pela Polícia Científica de Campinas. Uma faca de serra com aproximadamente 13 centímetros de lâmina foi apreendida.



Levado até a delegacia do município, o autor do ato, por sua vez, confessou o crime e acabou autuado por tentativa de homicídio qualificado com agravantes por motivação fútil e dissimulação. Ele foi recolhido à cadeia pública anexa ao 2º Distrito Policial, em Campinas, onde permanece à disposição da Justiça.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo