17.1 C
Munique

10567 Profissionais Orientam Quem Deseja Perder Peso

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Mulher › Profissionais orientam quem deseja perder peso  
Profissionais orientam quem deseja perder peso



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 08/12/2014 às 16h08Anieli Barboni – [email protected]
Reeducação alimentar e exercícios são as melhores opções

*

Anieli Barboni

[email protected]



Imagens: Eduardo Turati



Não importa a estação, todas as mulheres querem ficar com o peso equilibrado, mas é no verão que o desejo pelo corpo definido aumenta, o que intensifica a procura pela perda de peso em curto prazo. O perigo surge quando as mulheres recorrem às “dietas da moda”, sem o acompanhamento de especialistas.



A secretária Ana Gabriela da Silva, de 26 anos, contou a Tribuna que a última dieta que tentou fazer passou mal e precisou parar. “Minha amiga indicou a dieta do doutor Dukan (dieta europeia conhecida entre as celebridades). Comecei a seguir o cardápio do doutor Dukan na internet. Na primeira semana só pode comer proteína. No primeiro dia o meu café da manhã foi duas fatias de presunto. O almoço foi um filé de frango, um pedaço de salmão e um bife. Durante a tarde não comi nada, daí tive sonolência e fome. Quando cheguei em casa estava com muita dor de cabeça e resolvi parar com a dieta porque já tenho enxaqueca e fiquei com receio de piorar”, conta Gabriela.



A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), aderir as dietas aparentemente milagrosas pode resultar em mal-estar e até problemas à saúde. A sociedade alerta em sua página oficial na internet que as dietas da moda causam carências de vitaminas e de outros componentes essenciais para a saúde e isto pode resultar em fraqueza, tontura, desmaios e dores de cabeça. A SBEM também reforça que para diminuir e manter o peso é necessário uma reeducação alimentar e uma mudança dos hábitos de vida, com ajuda de especialistas.



Alimentação equilibrada traz benefícios a saúde e ao corpo

*

Já que não existe mágica para a perda de peso, Nathalia Sapuppo Fantasia, nutricionista na clínica Doutoras do Peso – Centro de emagrecimento e Auriculoterapia, de Indaiatuba e Monte Mor, da algumas dicas. Segundo Nathalia, a melhor maneira para emagrecer com saúde, e pra sempre, é a reeducação alimentar e a prática de atividade física. ”A reeducação alimentar consiste em uma alimentação equilibrada em horários e quantidades, ou seja, a famosa dieta de três em três horas.



Com isso, você fraciona suas refeições. São três as principais refeições e entre elas estão os pequenos lanches. Nos pequenos lanches incluímos principalmente as frutas, onde ameniza bem a vontade de comer os doces”, informa. “Alimentar-se ao longo de todo o dia reduz aquele longo período de jejum, o que faz com que a hora das refeições seja feita de maneira compulsiva e, muitas vezes, exagerada. Outro método muito eficaz para reduzir vontade de certos alimentos é a auriculoterapia.



Entre vários benefícios a auriculoterapia ajuda na redução da ansiedade, um dos motivos que fazem com que as pessoas consumam em excesso doces ou massas”, explica Nathalia.





Exercícios fisícos devem ter de 60 a 90 minutos por dia



Como já explicou a SBEM e a nutricionista Nathalia, toda dieta deve ser acompanhada de exercícios físicos. A Tribuna conversou com Heleno da Silva Luiz Junior, especialista em Ciência do Treinamento Desportivo e Mestre em Educação Física, e coordenador pedagógico e fisiologista do exercício na Secretaria Municipal de Esportes. Junior explica que a maioria das pessoas quer emagrecer em curto prazo e, para isso, priorizam as atividades aeróbica. No entanto, quando se pensa em emagrecimento se pensa na redução de gordura, e esta redução vem em longo prazo. “O ideal é pensar no emagrecimento em longo prazo, já que quando o organismo se acostuma com a atividade física entra em estado de Homeostase, que é um estado de equilíbrio. Quando o corpo entra na Homeostase é preciso aumentar a intensidade e duração dos exercícios para que o corpo não se acostume e a atividade surja efeito e, isto é feito de forma gradual”, diz.



Junior afirma que 30 minutos de atividades físicas por dia não emagrece. “Os 30 minutos é manutenção. O recomendado é de 60 a 90 minutos (1h a 1h30), de três a cinco vezes na semana. Lembrando que este tempo deve ser aperfeiçoado para cada pessoa.”



O especialista orienta que a caminhada e corrida são benéficas ao emagrecimento, mas é preciso preparar o corpo antes de praticá-las. “É muito importante fortalecer a musculatura para depois começar a caminhar e correr. Muitas pessoas quando não se preparam antes das atividades aeróbicas, começam a senti dor no joelho e na musculatura. A dor vem porque, às vezes, a musculatura não esta bem preparada. Por isso emagrecer em longo prazo é o ideal. A mulher terá tempo de preparar a musculatura antes de começar atividades intensas”, diz.



Junior também orienta que a melhor opção é correr ao ar livre. “Para as pessoas que tem possibilidade o melhor é caminhar, ou correr, no Parque Ecológico, e não na esteira. Correr fora da academia é mais motivador e os benefícios são maiores, tanto para o corpo como para a cabeça.”

Além da corrida, o especialista diz que as atividades que são indicadas para a perda de calorias são natação, bicicleta, jump, zumba e demais danças. Junior alerta que não adianta praticar exercícios e continuar consumindo alimentos hipercalóricos.



“O ideal é a população e municípios se conscientizarem da importância das atividades físicas. A cada dólar gasto no esporte, você economizada três dólares na saúde. Se a pessoa investir nas atividades físicas ela evita gastos com medicações e evita a síndrome metabólica, que são diabete, colesterol e hipertensão”, finaliza Junior.


Quem não consegue comer salada, como faz?

*

Nathalia ressalta que as saladas são muito importantes para um prato bem equilibrado, principalmente para pessoas que querem emagrecer. Pois, como será necessário redução de alguns alimentos, as saladas ajudam na saciedade. “É muito importante experimentar alguns alimentos, muitas pessoas dizem que não gostam, mas também nunca provaram. Em último caso, quando realmente é impossível o consumo, são usados suplementos vitamínicos, para suprir o aporte nutricional na falta das hortaliças”, diz a nutricionista.



Para quem está reeducando a alimentação, Nathalia alerta que é preciso ter cuidados quando vai comer fora de casa. ”É importante conhecer e saber o cardápio do estabelecimento. A pessoa deve evitar rodízios, onde a tendência é consumir em maior quantidade os alimentos e, também, sempre estar ligado na lista de substituições do seu plano alimentar para mudar alguns alimentos, porém nas quantidades corretas”, indica.



Nathalia reforça que procurar um nutricionista é sempre importante. “Principalmente para as pessoas que querem reduzir o peso, pois existem inúmeras dietas por que não são as melhores escolhas. Dietas dão resultados sim, mas muitas vezes momentaneamente, o importante é um acompanhamento nutricional, uma reeducação alimentar onde envolve não só você, mas todas as pessoas ao seu redor”, ressalta a nutricionista.


Mitos e verdades

*

Aquelas dietas de revistas e blogs são saudáveis e eficientes para o emagrecimento?

Mito. Podem até trazer resultados momentâneos, mas não em longo prazo.



Shakes substituem as refeições principais?

Verdade. Porém, indico para últimos casos, quando realmente é impossível fazer uma refeição.



Chá verde ajuda a queimar a caloria?

Verdade. Esses chás contêm substâncias que ajudam a acelerar o metabolismo, porém, é importante levar em consideração quantidades de ingestão para realmente ter resultados.



Sucos para perder a barriga resolvem?

Mito.



Tomar água morna com limão de manhã, em jejum, emagrece?

Mito.



Comer devagar ajuda na perda de peso?

Verdade. A saciedade começa pela boca, na mastigação, então é muito importante mastigar bem os alimentos, reservar um tempo para uma refeição tranquila.



Evitar o jantar ou fazer jejum ajuda a perder peso?

Mito. Muito pelo contrário, ficar muito tempo sem comer só faz com que seu metabolismo desacelere e corre-se o risco de exagerar nas próximas refeições, comer além do necessário.



Álcool engorda?

Verdade. Ele contém calorias assim como qualquer outro alimento ou bebida, quando consumido em excesso ganha-se peso.



Existem alimentos que ajudam a emagrecer?

Verdade. Existem os alimentos termogênicos, que ajudam a acelerar o metabolismo. Como, por exemplo, a pimenta o gengibre… Mas, eles são apenas coadjuvantes de um plano alimentar total equilibrado para redução do peso.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo