13.9 C
Munique

10786 Vazamento De Agua Causa Tumulto No Centro

Leitura obrigatória



Home › Notícias › Cidade › Vazamento de água causa tumulto no Centro  
Vazamento de água causa tumulto no Centro



Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA
Publicado em 11/02/2015 às 10h19Da Redação – [email protected]
Adriana Brumer Lourencini

*

Adriana Brumer Lourencini

[email protected]



Na manhã do último sábado, dia 7, um grande vazamento de água de uma residência causou pequeno tumulto entre transeuntes que passavam pela Rua Padre Bento Pacheco, esquina com a Rua Candelária, no Centro de Indaiatuba.



A quantidade de água acumulada no local era expressiva, e chegou a invadir portas de lojas próximas. Um dos comerciantes da Rua Padre Bento Pacheco revelou que o vazamento começou na quinta-feira, e estava causando transtornos, já que a água inundou a calçada e chegou a invadir a entrada da loja. “Além disso, muitos motoqueiros têm derrapado e quase sofreram quedas por causa disso.”



Diversas pessoas que circulavam por ali paravam e questionavam, indignadas com o vazamento. “Tem gente que não tem água pra beber, não só aqui, mas em muitas cidades vizinhas”, exclamou uma delas. “Passo sempre por aqui, e a água está jorrando desde o meio da semana”, afirmou um passante. Os lojistas disseram ainda que tentaram falar com o dono da casa assim que perceberam o escape de água, mas ninguém atendeu.



A Tribuna esteve no local e conseguiu conversar com os moradores da residência, tendo permissão, inclusive, para adentrar o imóvel e registrar as imagens. Sobre o enorme vazamento de água, que saía pelo cano, abaixo da porta da garagem, o proprietário do imóvel, que preferiu não ser identificado, informou que tiveram um problema de rachadura do plástico que cobre o fundo da piscina e, com a chuva de quinta-feira, não conseguiram conter a água. O conserto da piscina já havia sido solicitado e os técnicos estavam lá para fazer o reparo. De acordo com o proprietário, a água na piscina era de chuva, e o acúmulo na calçada e no meio-fio se deu por conta de um bueiro próximo que estava entupido. Mesmo assim, a família conseguiu evitar a vazão de cerca de dois mil litros de água, que foi armazenada em tambores.



O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) foi acionado pelos vizinhos, e um agente foi até a residência, confirmando a explicação dada pelo dono da casa. Durante a visita do Saae, uma pequena aglomeração se formou no portão da casa, e populares começaram a chamar a atenção dos moradores sobre a utilização de piscina em tempos de estiagem. Entretanto, logo a situação retomou a normalidade, após esclarecimentos do agente sobre o ocorrido.



Quanto ao entupimento do bueiro, o Saae informou que é responsabilidade da Prefeitura, e até o fechamento da edição, não obtivemos resposta se o serviço de limpeza foi realizado.

Compartilhe:
Tamanho do texto: AAAAAA




Comentários (0)

- Advertisement -spot_img

Mais artigos

- Advertisement -spot_img

Último artigo